segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

FELIZ 2014

Saúde, paz, tranquilidade, trabalho e muitas felicidades.
Um feliz 2014.

domingo, 29 de dezembro de 2013

DECISÃO

Não voltar a comprar malas e malinhas porque
até são giras e baratinhas. A verdade é que se
fizer  contas durante o ano possivelmente gasto
dinheiro  em malas que daria para comprar uma
boa mala que iria durar várias estações em vez das
das ditas malinhas que ao fim de uma estação (duas
no máximo) vão direitinhas para o lixo.
E se há coisas que eu gosto muito é de um bom casaco,
uns bons sapatos e uma boa mala. Em relação aos casasos
já aprendi, não tenho muitos, mas os que tenho são bons,
sapatos o mesmo, quanto a malas é a tontice. Faz-me
confusão pagar uma data de euros por uma mala, mas se
compro várias baratas então acabo por gastar o mesmo se
comprar só uma boa. Portanto até á próxima Primavera
nada de malinhas bonitinhas e baratinhas.

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

O NATAL FOI .......

Calminho e passado em familia.
Ontem com o temporal e ventania que estava
por estes lados só saimos para fazer as últimas
compras (comida).
Depois ficamos em casa a aproveitar a companhia
uns dos outros. Fizemos a nossa Consoada, o "Pai
Natal" deixou as prendinhas na varanda para as
"princesas" que deliraram, principalmente a mais
velha, e o tempo passou demasiado rápido.
Hoje foi dia de irem para a casa dos outros avós. E
como a familia está toda longe, passei o dia quase
só, pois o marido já faz pouca companhia.
E amanhã jé é dia de trabalho.

domingo, 22 de dezembro de 2013

E HOJE FOI O MEU DIA

E comecei o dia com beijinhos e abraços e parabéns
das minhas "princesas".
Depois um passeio pela marginal, com direito à paragem
na pastelaria do costume para o cafezito da praxe.
Almoço em familia, tarde de brincadeira com as minhas
netas. Pelo meio falar pelo telefone com a outra familia
que está no meio do Atlântico. E falar do Natal e matar
saudades que são sempre muitas.
E assim se passou o meu dia de anos. Feliz, junto aos meus.

sábado, 21 de dezembro de 2013

BOAS FESTAS

Presépio, também chamado "Lapinha" típico
da Madeira/Porto Santo. E com esta imagem
deixo também os meus votos de um Feliz
Natal.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

DA FALTA DE RESPEITO PELOS OUTROS

Hoje foi dia de consulta do marido no Centro de Saúde.
Marquei para as 13H porque sendo possivel era a hora
que melhor se ajustava ao meu horário de trabalho. Na
minha cabeça estava tudo certo. Como tenho intervalo
para almoço das 12.30H às 14.00H achei que nem sequer
valia a pena dizer que tinha consulta. Como tal marquei
taxi para as 12.30H. O mesmo só chegou ao meu local de
trabalho às 12.50H. Aí já eu estava danada da vida a ver
tudo a atrasar. Claro que chegamos atrasados, mas mesmo
com atraso e tudo ainda tivemos de esperar. Resultado só
entramos para o consultório médico às 14H e eu cheguei
ao trabalho com 1 hora de atraso. Apanhei uma data de
nervos e só me apetecia chorar.
Neste raio deste país não se respeitam horários. Idas a
médicos só para reformados ou desempregados porque
têm todo o tempo do mundo. Quem trabalha e tem de
cumprir horários passa horrores com estas situações.
E no meu caso tenho mesmo de acompanhar o marido
pois ele não consegue ir só. E quanto às minhas consultas
médicas ando sempre a adiar pois a verdade é que não posso
andar a dizer todos os dias à Entidade Patronal que tenho
consultas médicas. E a verdade é que também preciso.
Ai reforma que ainda  estás tão longe.....

domingo, 15 de dezembro de 2013

A TRADIÇÃO CONTINUA


Os bolinhos de mel vindos directamente do Funchal
enviados pelos tios, que nunca se esquecem deste
miminho. E a família deste lado agradece.

sábado, 14 de dezembro de 2013

FINALMENTE

Casa preparada para o Natal.
Compras de supermercado feitas.
Falta mesmo é o espirito Natalicio.
Mas acredito que "ele" chegue juntamente com as "princesas"




.



domingo, 8 de dezembro de 2013

8 de Dezembro -Tempo de Natal

Nos anos anteriores neste dia já tinha tudo ou
quase tudo preparado para o Natal.
E este ano? Simplesmente nada.
Nem comprinhas, nem árvore de Natal, nem
decoração. Nada de nada. O tempo tem sido
pouco e a vontade nenhuma.
Mas mesmo sem vontade e tempo, amanhã
vou procurar o espírito natalicio que me era
habitual e vou começar a organizar as minhas
coisas.
Em minha defesa só posso dizer que ontem dia
de descanso habitual trabalhei todo o dia. Mas
também sei que isso não é desculpa.
Portanto amanhã e nos próximos dias mãos à
obra até porque as minhas netas merecem.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

O QUE NUNCA PENSEI DIZER

"Não me apetece nada preparar a casa para o Natal"

domingo, 1 de dezembro de 2013

ESTOU TRISTE

Devia estar feliz, mas a verdade é que estou triste.
A minha princesa mais novinha fez hoje três aninhos
e eu não estou junto dela para a encher de beijinhos e
receber aquele abraçinho tão doce.
E tenho de aceitar que é assim, mas custa.

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

RAIOS PARTAM ESTA CANALHA

Estava uma pessoa descansada a gozar este inicio de
noite de fim de semana quando toca o telemóvel.
Número não conhecido, mas pensando que podia  ser
qualquer coisa urgente/importante atendi. Afinal era
do meu banco; meu não, mas do banco onde vou colocando
meia dúzia de tostões. Nem sei o que queriam, porque disse
logo, que salvo uma coisa urgente não era hora de incomodar
as pessoas, muito menos no inicio de fim de semana. Do outro
lado, a Senhora que não tem culpa nenhuma pois apenas está
a fazer pela vidinha, lá pediu imensas desculpas. Disse-lhe
que não era nada contra ela, que compreendia que ela estava a
fazer o seu trabalho, mas que não compreendia este tipo de
marketing do Banco. Mas estes tipos (Gestores/Administradores)
não percebem que com este género de abordagem aos clientes só
os afastam? Pela minha parte só me apetece chegar a segunda
feira e arranjar outro Banco que não me aborreça. É  que volta
e meia são inquéritos, são tentativas de vendas, "ofertas
de cartões" e sei lá que mais.
Quase que me apetece dar razão aos nossos avós que tinham
 o seu dinheirinho dentro da arca ou debaixo do colchão.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

HOJE

Foi dia de consulta do marido.
Desde a saida do Centro de Reabilitação não tem
havido grandes mudanças no que diz respeito a
melhoras. Aparentemente o médico que acompanha
o processo dele no Centro acha que ele iria melhorar
com uns tratamentos em sistema externo 2 ou 3 dias
por semana, ou até mesmo num novo internamento.
Mas, a política do Centro é saber se o paciente quer ou
está  disposto  a seguir os  tratamentos. Ora  quando
questionado sobre isto o marido disse que não a tudo.
E conhecendo-o como o conheço vai continuar a dizer
que não. Posto isto, e se é para ter uma melhor qualidade
de vida, não seria preferível não ter a vontade do paciente
em conta? Lembro que quando ele entrou no Centro pela
1ª vez também lhe fizeram a mesma pergunta e ele abanou
a cabeça em sinal de aprovação, mas se fosse o contrário
então ele teria vindo para casa e sem os tratamentos recebidos
possivelmente estava acamado ou em cadeira de rodas.
A minha opinião é que se é para melhor a saúde do paciente
não se deve fazer essa pergunta e só se o paciente recusar de
todos os modos os tratamentos então sim  há que respeitar.
Mais, o marido como já aqui escrevi está num centro de dia.
Tenho a certeza que se lhe tivessemos perguntado se queria
ir para lá ele tinha dito que não. Assim não lhe perguntamos,
mostramos dois Centros para onde ele poderia ir e demos-lhe
a opção de escolha. E mesmo sabendo que se ele pudesse
escolher ele tinha dito não, continuo certa que a ida para o
Centro de dia e o estar acompanhado na minha ausencia foi o
melhor para ele.
Não sei se estou certa ou errada, mas em minha opinião há
situações que tem de ser a família a decidir e não o paciente.
Tem nova consulta em finais de Janeiro, até lá tenho de o
convencer que voltar a fazer os tratamentos pode dar-lhe
melhor qualidade de vida.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

FALTAM

30 dias para o Natal. Ás vezes, só ás vezes, o tempo voa.

domingo, 24 de novembro de 2013

DOS SONHOS

No Outono, mais ou menos até meio de Dezembro,
apetece-me viajar. Nesta época sinto saudades dos
aeroportos, de visitar cidades diferentes, de ver coisa
diferentes. Se fosse uma mulher livre e com tempo e
dinheiro, seria esta a época do ano escolhida para
viajar. Não longas estadias, mas fins de semana um
pouco maiores para passear por essas cidades europeias
que me apetece conhecer. E com o Natal  a aproximar-se
ainda vivia esse espírito de Natal que tanto gosto. (Este
ano anda um bocado fugido).
Depois mais próximo do Natal seria a altura de ficar por
casa, de preprar o Natal e de gozar a casa. Esta vontade de
estar em casa mantem-se até Março/Páscoa. Aí já começa
a apetecer saidas e fins de semana fora, mas por cá.
Já nos meses de verão ninguém me tirava a praia/piscina.
Se gostava desta vida? Acho que sim. (Se pudesse  pelo
menos durante um ano ia experimentar isto).
Mas como não tenho nem tempo nem dinheiro para isto
 resta-me sonhar.

sábado, 23 de novembro de 2013

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Afinal valeu a pena!
Grande Ronaldo.

AI QUE NERVOS!

Este jogo dá cabo dos nervos a qualquer um.
Só espero que seja para valer a pena.

domingo, 17 de novembro de 2013

POR CÁ

O bolinho do fim de semana.
Simples mas saboroso para acompanhar chá ou café.

Apesar de ter arrefecido, o sol foi uma presença constante
a convidar para o passeio à beira mar.

E sim, mais uma vez o fim de semana passou a voar.


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

FINALMENTE

Fim de semana.
Estava mesmo a precisar.
Portanto vou aproveitar para descansar.
E como vai ser um fim de semana frio o
sofá e um livro vão ser os companheiros
perfeitos.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

SAUDADES

Tenho saudades da minha filha/netas.
Tenho saudades das minhas idas a Lisboa para as
visitar.
Tenho saudades dos almoços com a minha filha e das
nossas conversas.
Tenho saudades das nossas visitas às lojinhas preferidas
e das nossas comprinhas.
Tenho saudades de ter liberdade (eu que sempre detestei
sentir-me presa). Só que ao contrário de outros velhos
tempos não posso reclamar da minha falta de liberdade.
Agora ninguém é responsável por isso e como tal só me
resta aceitar.

domingo, 10 de novembro de 2013

O fim de semana voou.
Foi um fim de semana normalissimo, mas deu
para descansar. O melhor: dormir descansada e
acordar sem o toque horrível do despertador.

sábado, 9 de novembro de 2013

Esta semana andei "desaparecida".
O PC achou que precisava de descanso, portanto lá foi
para o Spa do costume. E ficou por lá uma semana inteira.
Ainda dei uma espreitadela "nos cantinhos" amigos, mas
não me entendo lá muito bem com o PC do marido. Está
todo trocado pois ele mandou-o programar ao contrário, ou
seja, o que no nosso pc funciona com os botões da direita no
dele são com os botões da esquerda e vice-versa.
Por outro lado a semana foi bastante cansativa, ainda não me
habituei a esta nova vida. A verdade é que ando cansada, sem
paciência e completamente desmotivada. E eu não era assim.
Sempre foi do género de ver o lado mais positivo da vida.
Todos os dias esforço-me para mandar às urtigas este raio
deste pessimismo que se instalou dentro de mim. Mas não
está a ser fácil. Mas vou conseguir. Vou,vou. Até porque
não quero tornar-me numa pessoa amarga e de mal com a vida.
Para a semana já me vão ouvir falar de vestidos, malas, vernizes
e cabelo. Antes vaidosa, podem dizer fútil, que amarga.



domingo, 3 de novembro de 2013

POR CÁ

As férias já acabaram e voltamos à rotina do costume.
Agora muito mais cansativa.
Tento organizar-me o melhor possível, mas ainda há falhas.
Gostava de comprar os legumes e fruta suficientes para a
semana, mas raramente acerto. O que quer dizer que a meio
da semana ao fim da tarde lá tenho de passar pelo super
mercado. E  perder tempo precioso. Mas este problema
já é antigo, só que antes tinha mais tempo livre.
De resto tudo igual.
O marido continua com imensa dificuldade a nível da fala.
O que é bastante complicado. Para mim e para ele.
Também está muito esquecido e faz muitas confusões.
Principalmente com medicamentos. Dou-lhe tudo certinho,
mas ele que não, e até fazê-lo compreender que está tudo
bem é uma carga de trabalho e de paciência.
E é isto por agora.

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

CONSTATAÇÃO

Sou pessoa para me habituar a esta vida caseira.
Têm-me sabido a mel estes dias, sem obrigações
nem horários.
Não tenho estado de "papo para o ar", pois estou
a aproveitar estes dias para arrumar/organizar de
modo a ter a vida mais facilitada quando voltar ao
trabalho. Mas a verdade é que não me apetece nada.
E a reforma cada vez mais longe..... Raios partam os
nossos governantes.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

FINAL DE TARDE

Ao final da tarde a trovoada e a chuva foram para
outras paragens e o sol voltou a brilhar.
E eu vesti o anorak e fui passear para a beira mar e
ver o pôr do sol.
E foi muito bom.

BREVES

Roupa tratada e arrumada, tudo em ordem.

Uma ida às compras para comprar vestidos e
acabei por comprar umas calças pretas, um casaco
e uma túnica. De vestidos nada, não vi nada que
gostasse. Tudo cinzas e pretos. Ok. É a cor da moda
mas a minha roupa de Inverno é quase toda nessas
cores. Apeteciam-me cores diferentes. A esperança
é a Lanidor, que ainda não fui espreitar/ver.

Comecei um trabalho de lã em crochet, com este tempo
apetece, só que para a semana já se acabam as férias e
o tempo livre fica muito reduzido.

Voltou a falar-se de violência doméstica. Mas quando é
que essa praga acaba na nossa sociedade? É que onde
menos esperamos, lá está ela metida numa casa. E não
tem a ver com classes sociais, tem a ver com a maldade
escondida. Seja o que for que se passe com a casal nada
justifica os maus tratos. E normalmente nunca é feita justiça.

Chove e faz vento. Trovoada ao longe. Mas mesmo com
este tempo horroroso para uns, (outros gostam) tenham
um bom fim de semana.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Com este dia de chuva e com a certeza que sandálias já
não serão usadas até à próxima Primavera tratou-se da
limpeza e arrumação das mesmas.
O mesmo para os vestidos de praia e grande parte da
roupa de verão.
Amanhã será o dia de arrumar a roupa de Outono/Inverno
no armário certo, ver (com olhos de ver) o que está em bom
estado, o que já não está capaz para trabalhar e o que real-
mente preciso. Apetecem-me vestidos. A ver se encontro
alguma coisa de jeito.
Tenho de aproveitar esta semana para deixar tudo em ordem.
E sim , hoje está um dia horrível. Chuva e vento. O Outono
no seu melhor. Bom para estar em casa que foi o que fiz. Só
saí para comprar pão. Com um tempo destes em casa é que
se está bem.


domingo, 20 de outubro de 2013

"PATRÃO FORA; DIA SANTO NO LOJA"

Por cá não foi bem assim, mas com as netas/filha por cá
claro que foram "dias santos" em relação ao pc.
Mas já voltaram para a vida delas e cá estou eu no meu
cantinho.
Continuo de férias, as coisas por cá umas vezes estão melhores
outras piores, preciso de Kgs. de paciência que nem sempre
tenho e vou tentando adaptar-me e aceitar de "boa cara" esta
minha nova vida.
O marido na quarta feira começa a frequentar um Centro de
Dia. Foi uma decisão que me custou horrores, mas tem de ser.
Também aos 3 meses deixei a minha filha numa creche e não
gostei, simplesmente teve de ser. Só espero que ele se adapte.
Mas todos (os mais próximos) achamos que por agora é o
melhor para ele. Se continuar a melhor daqui por uns 3 meses
podemos rever a situação.
De todos os modos continuo de férias até ao final do mês, para
ter tempo de passar ao plano B caso não resulte o plano A (centro
de dia). Como disse o marido é teimoso e não gosta muito deste
plano, e tenho sempre medo que no último minuto resolva dizer
que não. Mas ele foi ver o Centro, escolheu o que mais gostou
e aceitou a ida. Só que nunca se sabe......

terça-feira, 15 de outubro de 2013

DO VERÃO

As minhas "princesas". Os seus sorrisos faziam-nos
sorrir também. E  a ver o lado positivo da vida.
E a reagir.
Gosto tanto das minhas netas!

domingo, 13 de outubro de 2013

POR CÁ

O marido já se encontra em casa.
A nível motor melhorou muito. Claro que há muitas
limitações, mas sinceramente estava à espera de pior.
A parte da fala/escrita está má. Diz algumas palavras
mas não faz uma conversa. Esqueceu as palavras pelo
que também não consegue escrever.
Aborrece-se muito, pois antes disto tudo acontecer, ele
estava em casa mas sempre ocupado, ele eram filmes, ele
era o pc, ele eram livros e revistas. Agora nada disso é
possível. À conta disso já desprogramou a TV da sala.
Mexe, mexe e mexe e daqui a pouco volta a estar despro-
gramada. E eu não sei programar de novo.
Doses de paciência são precisas.
Está previsto ele ir para um Centro de Dia  durante as
 minhas horas de trabalho. O meu medo é se ele não se
adapta. É uma pessoa bastante teimosa tipo "quero, posso
e mando" e ainda tem essas características, só que agora não
posso dizer amén a tudo. E neste momento ele pode ficar só
em casa por períodos pequenos, nunca por um período de nove
horas seguidas. A ver vamos.... De todos os modos tirei uns dias
de férias para orientar todas estas coisas.


sexta-feira, 11 de outubro de 2013

ESTOU

A tentar adaptar-me à minha nova vida.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

PÂNICO

Psicologicamente, tenho de o reconhecer, não estou
bem. Hoje estou de folga e a única coisa que fiz foi ir
ao super mercado. Passei uma manhã de um lado para
outro dentro de casa sem fazer quase nada. Ora dantes
eu era pessoa para aproveitar este tempo glorioso e ter
passado uma manhã na praia e depois ter vontade de
fazer mais uma data de coisas.
Vou-me "obrigar" a ir ao cabeleireiro só porque sei que
as coisas assim não podem ser. A minha vida mudou.
Ok! Cabe-me descobrir dentro desta nova realidade que
me espera, aquilo que posso fazer para ter uma vida minima-
mente agradável. Tudo é recente, mas não tenho o direito
de ficar nesta situação de quase pânico. Sei que tenho de
reagir, mas hoje estou assim.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

HOJE

Hoje foi o dia de "abrir janelas".
O marido fica mas uma semana na unidade de
cuidados continuados e depois vem para casa.
E andei a ver opções. Tenho uma série de "janelas
abertas" mas nenhuma porta, até porque não sei
as condições reais que ele vem para casa. No
domingo quando o for visitar tenho mesmo de saber
o que ele faz e em que condições o faz. E depois tomar
decisões. É tudo tão difícil.

domingo, 29 de setembro de 2013

CERTEZAS

Já há uma série de anos que o marido não achava
piadinha nenhuma a saídas. Gostava de estar por
casa, a ver os seus filmes, nas suas pesquisas pela
net, a ouvir a sua música. Sem dramas habituei-me
a isso. Não valia a pena estar a força-lo a fazer "um
frete". Nem ficava bem ele, nem eu. Portanto as
minhas últimas viagens, as minhas idas à praia, as
visitas às princesas normalmente eram sem o marido.
E sem dramas.
Mas uma coisa sempre fizemos juntos. Ir votar. Nunca
deixamos de o fazer e sempre em companhia um do
outro. Hoje tive de ir eu só. E foi difícil. Principalmente
por mais uma vez ter a certeza que nunca mais nada vai
ser igual.

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

OUTONO

Chuva e vento forte.
Para animar ainda mais a festa os vizinhos de cima
têm música em alto som.(Espero que seja por pouco
tempo, pois apesar de ser fim de semana amanhã
trabalho).
E também arrefeceu.
Apesar deste tempo desagradável tenham um bom
Fim de Semana.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

DA FOLGA

Podia ter aproveitado a manhã para ir até à praia (o tempo
ainda permitia) ou ir ao mercado comprar legumes, mas
tive de ficar em casa à espera dos Srs. da EDP que ficaram
de vir cá a casa alterar a potência do contador. Estes Srs.
nunca marcam uma hora certa, este trabalho estava agendado
entre as 10.30H e as 13.30H. Apareceram-me já passava das
12.00H. Uma manhã perdida em casa para um trabalho que
nem demorou 10m. E digo perdida porque andei de um lado
para outro e não fiz nada de jeito. E podia ter aproveitado para
dar uma vista de olhos no roupeiro e começar a separar roupa, ou
arrumar gavetas, ou tratar das minhas plantinhas que bem precisam.
Mas não, pode-se dizer que a manhã não foi nada produtiva.
E a tarde? pois a tarde foi quase igual em termos de produção,
mas fui  ao cabeleireiro, bebi café numa esplanada perto da praia
e dei um passeio ao longo da praia. Apesar de algumas nuvens,
estava bastante calor. E agora? Agora tenho uma sopa a cozer,
está na hora do banho e amanhã é dia de trabalho de novo.
O dia voou. Mas descansei. E os dias estão tão mais pequenos.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

OUTONO

Chegou calminho e silencioso quase sem darmos por ele.
Mas chegou.
E este ano quase que não me entristeceu esta mudança de
estação. Talvez pelo Verão ter sido preenchido por sustos
e angustias. A verdade é que foi um Verão sem alegria e por
isso não deixa saudades. Agora já é Outono. Espero que me
traga dias felizes e boas surpresas.

sábado, 21 de setembro de 2013

BOM DOMINGO

Aproveitar o bom tempo.
Passear.
Ser feliz.

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

DIA DE CÃO

Mas daqueles sem dono.
Os que têm dono e são acarinhados de certeza que
tiveram um dia bem melhor do que o meu.
Mas manhã é outro dia, esperemos que melhor.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

NÃO SEI O QUE FAZER

Com a doença do marido e a próxima vinda dele
para casa há resoluções que têm que ser tomadas.
E o problema é que por mais que pense e torne e
pensar nenhuma solução é perfeita. Todas têm
vantagens e desvantagens.
Eu quero continuar a trabalhar. Parece-me uma loucura
nos tempos que correm deitar fora um trabalho/ordenado.
Mas sei que vai ser preciso acompanha-lo a hospitais,
consultas médicas, exames e tudo o mais. Ora isso implica
ter de faltar ao trabalho. E se sei que posso justificar também
sei que as entidades patronais detestam isto. Eu própria detesto
faltar. Na minha vida profissional nunca meti uma baixa. Em
parte porque felizmente nunca precisei verdadeiramente, mas
também porque não gosto de faltar ao trabalho. Portanto esta
situação de ter de andar a faltar vai ser muito aborrecida para
mim, por isso se eu deixasse o trabalho tinha esse lado do
problema resolvido, mas criava-me outros, entre eles o económico.
Vou precisar de uma pessoa a tempo inteiro para dar assistência
ao marido, ora esse tipo de trabalho não é barato e só com uma
fonte de rendimento tornava-se bastante difícil manter. Por outro
lado mesmo ficando em casa ia sempre precisar de ajuda, sòzinha
é-me impossível. Não tenho força nem sei como pegar nele para
o ajudar. E pronto é isto, já ando a fazer contactos para ver se
arranjo alguém capaz. É um trabalho difícil é nem toda a gente
gosta de o fazer. E continuo a achar que nenhuma solução me
satisfaz minimamente.



sábado, 14 de setembro de 2013

E o que vestir numa manhã de chuva de Setembro
para trabalhar?
Pela parte que me toca , jeans sem qualquer espécie
de dúvida. Uns jeans, uns mocassins e uma blusinha
gira foram a escolha para este dia de quase fim de
verão, mas que faz lembrar o Outono.
É o que costumo dizer, uns jeans resolvem-me quase
sempre a situação quando não sei mesmo o que vestir.
E numa manhã em que sandálias e vestidos de verão
não eram aconselháveis, os jeans foram a escolha certa.


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

SENTI-ME TÃO MAS TÃO.....

Não vou dizer loura, porque há louras burras e louras
inteligentes. Portanto senti-me foi burrinha. Explico:
Esta manhã o exaustor do fogão ficou sem luz e fez um
barulho grande. Como estava de saída para o trabalho
não liguei muito pensando apenas" tenho de pedir ao S.
(genro) para me mudar a lâmpada.
Esta tarde ao chegar a primeira coisa que fiz foi ligar aTV
da cozinha, nada de nada. Lembrando-me do sucedido
pela manhã foi tentar a ligação de outros aparelhos chegando
à triste conclusão que micro-ondas, esquentador e máquina
do café não funcionavam, ou seja, funcionar até funcionavam
as tomados eléctricas onde estavam ligados é que não funcionavam.
Só de pensar que ia tomar o meu duche com água fria sentia-me
mal. É que está calor, mas não para banhos de água fria.
Fui à procura do nº do telefone do Sr. electricista que nos acode
nestas situações e a 1ª coisa que o sr. diz foi: já viu o quadro
eléctrico? É que pode ter disparado um disjuntor.
Era isso mesmo e eu senti-me mesmo burrinha. É que passo a
vida a dizer isso aos meus clientes quando me telefonam a dizer
que qualquer coisa eléctrica não funciona. E depois na minha
própria casa não fui capaz de me lembrar de uma coisa tão simples.

domingo, 8 de setembro de 2013

Nesta nova etapa de tratamentos o marido está numa
unidade hospitalar situada numa vila do interior algarvio. Para
quem como eu não conduz nem imaginam a dificuldade em chegar
lá. E aos domingos ainda é pior. A rede de transportes públicos
para certas zonas do interior é quase inexistente. E até arranjar
um taxi nessas zonas torna-se difícil. Não havendo rádio táxi o
melhor é ir pedindo os contactos dos taxistas que nos prestaram
 serviços. Hoje ao fim do 3º telefonema consegui um para
trazer-me de volta a casa.
Quanto às melhoras do marido como ainda se passaram poucos
dias não houve grandes alterações.
 Mas estou com esperança que recupere alguma autonomia.
 Pelo menos está no melhor lugar possível para o tipo de
 tratamentos que por agora precisa.

sábado, 7 de setembro de 2013

PRECISO MESMO

De arranjar tempo para mim.
Com tudo o que aconteceu a minha vida tem sido trabalhar,
trabalhar e dormir. Obrigo-me a dormir as horas necessárias,
pois preciso mesmo dessas horas de sono. Mas de resto não
me sobra tempo para mais nada. E o meu corpo e cabeça
começam a acusar todo o stress acumulado. Preciso mesmo
de tempo para as minhas coisas e tenho de saber organizar-me
melhor.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

NOVA ETAPA

E depois deste tempo todo de internamento hoje foi o
dia da alta hospitalar.
Agora o marido está numa unidade de Medicina de
Reabilitação, onde vai a reaprender a andar, a falar e
a ser o mais possível autónomo.
E numa altura em que tão mal se fala dos cuidados de
saúde em Portugal, em relação ao Hospital de Faro nada
de mal tenho a apontar. Médicos, enfermeiras, auxiliares e
administrativas foram de um profissionalismo e humanidade
exemplar. Sei que não me vão ler, mas fica o meu agrade-
cimento por toda a ajuda prestada.
Estou com muita esperança nesta nova etapa. Gostei muito
do Centro e pareceram-me todos muito bons profissionais.


domingo, 1 de setembro de 2013

ENTÃO ATÉ PARA O ANO AGOSTO

Apetecia-me que fosse de novo Agosto, que o Agosto
não tivesse já acabado. Não o Agosto menos bom deste
ano e de outros, mas aqueles meses de Agosto em que
quase tudo era perfeito.
Continuo a gostar do mês de Agosto. Quero acreditar que
as coisas menos boas acontecem porque têm de acontecer
e não por ser um determinado mês do ano.
Têm acontecido em Agosto? Pois têm, mas são apenas
coincidências.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

TENHAM UM BOM FIM DE SEMANA

Mais um fim de semana.
Agosto está a acabar.
Toca a aproveitar o bom tempo, o sol e a praia.
Divirtam-se.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

DA FALTA DE TEMPO

Bom,  ontem dia de folga, fui um bocadinho à praia
durante a manhã.
E ao fim da tarde fui arranjar os pés (bem precisados
estavam). Mas a verdade é que não tenho tempo nem
sequer para comprar uma revista.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

POR CÁ!

Marido com algumas melhoras.
Continua hospitalizado, mas já falam na transferência
para uma unidade de cuidados continuados.
Eu, sem tempo para nada.
E é tudo.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

A FINGIR QUE VOLTEI A TER UMA VIDA NORMAL

Não, a minha vida neste momento é tudo menos normal.
Mas, esta manhã fui com a minha neta comprar esta mochila.
A minha "princesa" começa em Setembro a sua vida de escola
e quis ser eu a oferecer-lhe a mochila. Claro que ela sabia que
mochila queria e a loja onde a vendiam. No momento gosta de
tudo da colecção "monster high". Eu acho um horror, mas se a
miúda gosta, porque não? E ela ficou super feliz.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

POR CÁ

Preocupação;
Tristeza;
Cansaço;
Os dias vão passando e se não fosse o trabalho
parece-me que nem sabia a data nem o dia da
semana.
Continua a ser tudo tão difícil! Eu sei que é preciso
andar para a frente, aprender a aceitar, mas custa
tanto.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

ATITUDES QUE ME IRRITAM

Pessoas que não aproveitam o bom que a vida lhes oferece.
Que tendo quase tudo para serem felizes infernizam a sua
vida (e a dos outros) com probleminhas de m****.
Só me apetece dar-lhes uns abanões valentes e lembrar-
-lhes que estão a desperdiçar momentos felizes. E que o que
hoje têm e não estão a aproveitar, amanhã por diversos motivos
podem já não ter.

sábado, 10 de agosto de 2013

CONSTATAÇÃO

E quando julgamos que sabemos quase todas as respostas
a vida vem-nos dizer que afinal essas respostas já não são
válidas. Porque a vida se resolve sozinha. Mas nem sempre
temos a humildade e sabedoria para aceitar isto.

domingo, 4 de agosto de 2013

AGUENTAS-TE?

Foi isso que a minha filha me perguntou hoje
quando foi de volta para a sua casa.
Tenho de  aguentar. Custa muito mas a vida
segue. E o primeiro passo é estar aqui a escrever.
Foi uma semana de pesadelo, que continua embora
com uma pequena esperança. Tenho o marido muito
doente, em estado grave mesmo, no hospital. E tenho
de arranjar forças e coragem. Tem sido muito difícil,
duro mesmo. Durante a semana estiveram cá a filha
e as netas, o genro veio no fim de semana. A presença
deles sempre ajudava e estar com as crianças fazia por
momentos que fosse esquecer toda esta situação. Agora
que estou só, parece tudo mais triste e mais difícil. Mas
é a vida. E há que seguir em frente, e sorrir quando apetece
chorar, e trabalhar quando apetece ficar na cama. E pela
minha filha tenho de fazer-me forte, não quero ser mais uma
preocupação para ela. E vou voltar ao blogue e a fazer as
visitas habituais que também isso me ajuda.










domingo, 28 de julho de 2013

BOLAS!

O domingo passou num abrir e fechar de olhos.
Descansei, mas precisava de mais.

sábado, 27 de julho de 2013

CONSTATAÇÃO

As pessoas vão de fim de semana felizes da vida e nada
preocupadas com problemas profissionais.
Depois ficam "os tansos" para resolverem o que deveria
estar resolvido e para "apagar" fogos. À conta disto trabalhei
das 9h às 21.30h. Tão bom!

domingo, 21 de julho de 2013

DO GMAIL

O Gmail muito simpaticamente resolveu subdividir
o meu correio em "Primary" "Social" e "Promotions".
Tudo à maneira deles. Mas está bem.....

sábado, 20 de julho de 2013

PRAIA

Depois de uma semana cansativa, finalmente
um dia de descanso. E vai ser aproveitado para
ir até à praia. A verdade é que estou mesmo
cansada e preciso aproveitar este dia para
descansar e fazer o que gosto. Os dias de
trabalho têm sido complicados e preciso mesmo
desta pausa. E na praia consigo descansar.

terça-feira, 16 de julho de 2013

QUERO

Uvas, melões e melancias do Porto Santo.
Têm o melhor sabor do mundo.
Ou será que a saudade torna tudo doce?

sexta-feira, 12 de julho de 2013

E PRONTO

Acabaram-se os fins de semana.
Amanhã vou trabalhar e pelo menos até finais de Setembro
não devem  haver sábados livres. Quanto aos domingos por
agora ainda estão livres mas lá para o fim do mês também
devo ter de trabalhar.
Bom fim de semana  ou para quem vai iniciar um período de
ferias umas férias felizes.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

O CALOR CONTINUA

E a mim só me apetecia passar os dias a mergulhar
num mar calmo e quentinho.

domingo, 7 de julho de 2013

DO FIM DE SEMANA ( QUASE A ACABAR)

Que bom que é estes dois dias de descanso.
Há tempo para tudo.
Para a praia, para almoços demorados, para leitura de livros e
revistas, para ficar de varanda simplesmente a fazer nada.
Melhor do que isto só mesmo férias, e só eu sei o quanto preciso
de umas férias de verão, com dias cheios de sol e praia.
Até conseguir essas tão desejadas férias, faço de conta que
nestes dois dias de descanso estou de férias e tento aproveitar
o máximo.
E vou sonhando com as férias no paraíso (Porto Santo).

sexta-feira, 5 de julho de 2013

quarta-feira, 3 de julho de 2013

DIGO QUE

Cada vez mais tenho a sensação,  que este país é
governado por uma data já não digo de incompetentes,
mas de malucos.
E estou cansada e assustada. Estes fulanos destroem,
roubam, fazem trinta por uma linha e nada lhes acontece.
E depois podem dar-se ao luxo, uns de baterem com a
porta, outros de irem e voltarem, outros com falinhas mansas
fazerem chantagem e fica tudo igual. E um ainda fica muito
bem na fotografia "coitadinho não teve culpa" (a culpa é e 
será sempre do Sócrates) . 
E este nosso povo é do género "quanto mais me bates mais
 gosto de ti".
Estes dois dias cansaram-me e assustaram-me politicamente
falando. E a novela ainda vai a meio.



segunda-feira, 1 de julho de 2013

DO FIM DE SEMANA

A minha pequena (grande) família. Falta o marido que não é pessoa
de saídas.
 

sexta-feira, 28 de junho de 2013

E SIM!

Dever cumprido.
Fiz os telefonemas que tinha de fazer.
Respondi aos emails.
Organizei dossiers.
E agora posso ir descansadinha gozar o fim de semana.

OH MEU DEUS!

Tanto trabalho na secretária e tanta preguiça
neste corpinho.
Vou só tomar um café e deitar "mãos à obra".
Entretanto temos fim de semana em família.
BOM FIM DE SEMANA.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

DISTRACÇÃO

Mais um minuto em frente ao pc e o almoço de amanhã
em vez de frango estufado passava a ser uma lata de atum
com qualquer coisa. Felizmente ainda cheguei a tempo.
Porque a esta hora não ia voltar a cozinhar e também não
me ia levantar de madrugada para fazer o almoço. E o
atum é tão bom.....

segunda-feira, 24 de junho de 2013

CONSTATAÇÂO

Estou com uma soneira desgraçada.
E nem vos conto o esforço que estou a fazer
para não beber mais um café.
É que isto de ter a " Nespresso " mesmo atrás das
costas é uma tentação constante.

domingo, 23 de junho de 2013

SÃO JOÃO

Noite de São João
Vamos saltar a fogueira......

sexta-feira, 21 de junho de 2013

WELCOME SUMMER

Porta-te bem e dá-nos o que esperamos de ti.
Calor e bom tempo. Vá lá sê simpático.
Obrigadinha.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

EU

Sou do tempo em que nas empresas administradores e
directores ficavam satisfeitos se vissem um empregado
(agora diz-se colaborador) receber de um cliente flores,
chocolates ou qualquer outra coisa semelhante. Isso
significava que o empregado/colaborador era simpático
e prestava bons serviços. Significava também que o
cliente tinha gostado dos serviços e que possivelmente
voltaria de novo a requisitar novos serviços.
Agora, e salvo raras e honrosas excepções, se alguém é
presenteado seja lá com o que for, ficam logo a  pensar
que raio de trabalho foi feito e não foi cobrado.
Vem isto a propósito que o meu marido ao usar um serviço
público foi muito bem atendido, as informações foram dadas
correctamente e em pouco tempo ele tinha o assunto resolvido.
A coisa correu tão bem que ele disse: Devia comprar umas
flores e oferecer à Senhora que me ajudou neste processo.
Ora eu que estou no mercado de trabalho disse-lhe logo:
Podes ir agradecer à Senhora, dizeres que está tudo resolvido
mas não leves flores. Às tantas ainda arranjas algum sarilho para
a Senhora que nada fez a não ser o seu trabalho bem feito.
Porque as pessoas vêm e pensam logo em corrupção/suborno.
É a triste realidade.
Gostava mais dos tempos em que era livre para oferecer ou
receber flores, chocolates ou mesmo uma garrafa de vinho.

terça-feira, 18 de junho de 2013

EU SOU AQUELA

Que...anda sempre a perder brincos.
Hoje foram mais uns (um- só perco um).
A se por vezes sou culpada, pois com as pressas
enfio-os para dentro da mala para os pôr no trabalho,
acontece que nunca mais me lembro, e ao tirar coisas
da mala acabo sempre por perder um.
Mas hoje até estavam postos. Só que sem eu dar por isso
lá se foi um. E fiquei cheia de pena. Eram uns brincos
giros com cores de verão e que davam com imensas coisas.
Até faziam conjunto com um anel embora tivessem sido
comprados em sítios diferentes.

Que ... no verão tenho muitas dificuldades em comprar
sapatos. Tudo me magoa, tudo me incomoda.
Sapatos giros vejo muitos, mas para estes pezinhos é
sempre uma grande dificuldade. A tal ponto que já não
olho nem a preços nem a beleza. Se são confortáveis e
não magoam não penso duas vezes. Nesta última ida a
Lisboa comprei um par, nem feios nem bonitos, só
confortáveis.
Ai o que eu gostava de poder calçar aquelas sandálias
giras que vejo em certas montras. Já os saltos altíssimos
não me fazem inveja. Nunca gostei, embora reconheça
que dão uma certa elegância. Já as sandálias lindas e
baixinhas.......

sexta-feira, 14 de junho de 2013

FIM DE SEMANA

Só para desejar um bom fim de semana cheio de
coisas boas. E parece que o tempo vai ajudar.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

E o espírito dos Santos Populares?
Anda muito longe, muito longe.
Ontem quase me esqueci que era  véspera do Sto. António.
Vamos lá a ver se melhora para o S.João/S.Pedro.
É que eu gosto dos Santos, só que este ano nem eu sei porquê
não sinto esse espírito.
Entretanto ando cheia de trabalho. O fim de semana prolongado
causou estragos no que diz respeito a este tema. Nada que eu já
não esteja habituada. Tipo, passeias mas pagas a factura com
juros.
E agora que escrevi meia dúzia de tolices vou-me deitar que
amanhã há que levantar-se cedo.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

PARA DIZER

Que vou só ali  acima passar o fim de semana.

domingo, 2 de junho de 2013

ESTA MANHÃ NA PRAIA

Entretanto um pequeno descuido valeu-me um
pequeno vermelhão. E sabem onde? Pois, não
foi nos braços, nem nas pernas, nem no peito,
nem na cara (tudo isso estava bem protegido) foi
na sola de um dos pés. Nada de especial nem de
cuidados, só escrevo porque nunca tal me tinha
acontecido.

sábado, 1 de junho de 2013

NEM TUDO O QUE PARECE É

E refiro-me a casais de 60/70 anos  juntos uma vida e que no
dia a dia parecem felizes. Pois muitas vezes não o são e estão
juntos porque sim, porque não têm condições financeiras para
se separarem e por mas mil e tantas razões, que nada têm a ver
com carinho, companheirismo já para não dizer amor.
Caramba, deve ser chato olhar para 30/40/50 anos atrás,
uma vida, e ver que quase nada valeu a pena, que a única coisa
boa que resultou daqueles anos todos foram os filhos e netos.
Que não há recordações de dias/horas felizes, que uma vida
passou e dessa vida apenas ficaram mágoas, que já não se
suporta viver com essa pessoa, que a vida em vez de ser alegre
é um peso diário.
É triste mas infelizmente é uma realidade. E hoje mais uma vez
tive a prova disso. Uma senhora setenta e tal anos a desabafar
que já não suporta a vida com o marido, que agora deu-lhe para
lhe fazer a "vida negra " a dizer que ela tem um amante. E que
toda a vida foi assim, que não se separou pelos filhos e mesmo
agora porque não tem condições financeiras para alugar uma casa
e viver só.E isto não é só um caso isolado. Era bom que fosse,
mas não o é.

sexta-feira, 31 de maio de 2013

PARECE QUE O SOL VAI BRILHAR

Bom fim de semana.
Pela parte que me toca quero praia e descanso que a
semana foi super cansativa.

terça-feira, 28 de maio de 2013

ACABEI DE LER

"Verão 2013 pode ser o mais frio dos últimos
200 anos" (Económico).

Assim sendo bem posso esquecer as coisinhas giras
de verão e continuar de botas e casacos.

AGORA CHOVE

A sério que já não aguento com este tempo.
E as vezes que já fui buscar roupa ao armário
que era suposto ser usada só lá para o Outono?
É que tirando meia dúzia de dias não houve Primavera.
Resta esperar que ao menos o verão se porte bem.

sexta-feira, 24 de maio de 2013

DAS AUSÊNCIAS

Hoje perdi a festa da ginástica da minha "princesa" mais velha.
Era importante para ela eu estar presente. E eu fiquei com muita
pena por não ter podido ir. Tenho pena de não estar mais presente
na vida das minhas netas. Vou fazendo o possível para as
ausências não serem muito longas, mas às vezes é de todo
impossível estar presente. Foi o caso de hoje.

quinta-feira, 23 de maio de 2013

CONSTATAÇÃO

Ando mesmo muito cansada.
A precisar de férias urgentemente (e não sei quando
vai ser possível).

terça-feira, 21 de maio de 2013

ESTA JÁ É MINHA


Aproveitei os descontos de la Redoute e comprei-a.
Um preço simpático. Estilo "shopper", não será uma mala
para o dia a dia, mas bastante útil em pequenas viagens, fins
de semana ou mesmo para uma tarde de compras.
Além disso gosto muito das cores.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

"BARAFUSTANDO"

Visto casacos e tenho calor;
Tiro casacos e fico cheia de frio;
Calço botas com meias e fico com os pés a "ferver";
Calço sabrinas e fico com pés gelados.
Chove, faz sol e faz vento.
Raio de tempo maluco.

sábado, 18 de maio de 2013

DOS FESTIVAIS

Tenho estado a ver o Festival da canção.
E lembrei-me de outros festivais de há muitos anos atrás.
Quando não havia outras opções televisivas e jantávamos
quase a "correr " para depois assistir ao festival já sentados no
sofá.
Ou quando ainda não havia televisão e ficávamos junto à rádio
para ouvir todas as canções e saber quem era o vencedor.
Quem é que se lembra do Eduardo Nascimento e do seu
"Vento Mudou"? Ou do Carlos Mendes e do "Verão"?
Esta noite fiz uma viagem ao passado dos festivais. Engraçado,
alguns deles lembro-me perfeitamente onde estava. Por exemplo,
no ano do Carlos Mendes e do "Verão" estava em Porto Santo,
já quando os Gemini e o seu  "Dai li dou" foram ao festival em 78
estava a viver nos Açores (Horta). Há coisas que não se esquecem.



sexta-feira, 17 de maio de 2013

APENAS

Para desejar um bom fim de semana.
Mesmo com este tempo" chatinho" que nem um raio,
toca a aproveitar estes dois dias de descanso.
Olhar para o lado melhor da vida e ser feliz.


quarta-feira, 15 de maio de 2013

NÃO PERCEBO

Não sou benfiquista nem tenho nenhuma simpatia
especial pelo Benfica. Mas hoje estava a "torcer"
pelo Benfica. E tenho muita dificuldade em perceber
a alegria de certo pessoal perante a derrota de hoje.
Até porque em minha opinião jogaram bem e mereciam
ganhar.
E porque penso que devemos apoiar sempre os nossos.
E Eles hoje eram os nossos. Palavra que não percebo
estes ódios de estimação.

domingo, 12 de maio de 2013

APROVEITAR O BOM TEMPO.

Coge tu sombrero y póntelo
Vamos a la playa calienta el sol

Chi ri bi ri bi  po po pom pom
Chi ri bi ......

E é isto, este fim de semana foi de praia.
Confesso que já tinha saudades.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

DO FERIADO

Eu acho (acho não, tenho a certeza) que ia gostar muito
de dias assim, sem horários e obrigações.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

AMANHÃ "DIA DA ESPIGA"

Amanhã "dia da Espiga" ou da Ascensão é o feriado Municipal
aqui da zona e portanto a "Je" não trabalha.
Este feriado vai saber mesmo bem. Porque um feriado a meio da
semana, torna a semana de trabalho bem mais fácil.
Ainda não sei o que vou fazer, mas aborrecer-me é coisa de
certeza que não vou fazer. E acordar sem o barulho irritante
do despertador já e coisinha boa para me deixar feliz.

domingo, 5 de maio de 2013

UMA TRADIÇÃO PORTOSANTENSE.

A visita do Espírito Santo aos barcos e a respectiva
procissão.
E por este ano acabaram-se as visitas do Espírito Santo.
Primeiro às casas das pessoas (é uma espécie de visita
Pascal) só que é feita durante vários domingos, acabando
com esta visita e procissão. Uma tradição a não perder.

DIA DA MÃE

Eu e a minha Mãe na casa do Porto Santo.
Muita saudade.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

LOGO às 20H

Até estou com medo do que vou ouvir
logo às 20H.
Mais cortes nos ordenados/reformas,
mais aumentos de impostos, aumento
na idade da reforma. E fora o que não
foi dito.
E tudo isto para quê? Para absolutamente
nada. Só aqueles 2 teimosos teimam em
acreditar que este é o melhor caminho a
seguir. Até quando esta m***a vai durar?

terça-feira, 30 de abril de 2013

EU BEM DIGO QUE ANDA TUDO MALUCO

Há dias soube que um casal meu conhecido, casado
há mais de quarenta anos, já avós, se iam separar.
E o pior é que a Senhora que oficialmente nunca
trabalhou, fica com uma situação financeira nada
simpática. Pior ainda, casados com comunhão
geral de bens o casal possuí património comprado
exclusivamente com dinheiros de heranças da Senhora
e que agora teria de ser dividido pelos dois.
Hoje soube que um outro casal com 14 anos de vida
em comum também vão pôr fim ao casamento.Neste
caso também estão com dificuldades em divisão de
património.
Como isto infelizmente já se vai tornando banal, penso
que o melhor era encarar o casamento como um contrato
onde ficaria tudo escrito. Se esse contrato durasse uma
vida melhor ainda, mas se pelo contrário terminasse por
algum motivo então já não haveria surpresas desagradáveis
para nenhum dos lados. E razão tinha a minha Mãe quando
dizia que as únicas coisa do casamento que pertenciam aos
dois eram os filhos. O resto é tudo muito bonito enquanto
dura, depois infelizmente e na maioria dos casos é o que
nós sabemos......

segunda-feira, 29 de abril de 2013

ESTÁ TUDO MALUCO

A começar pelo tempo, pois claro.
Ainda a semana passada tínhamos dias de quase Verão
e hoje parece que estamos em pleno Inverno. Sapatos
e meias assim como casacos quentes voltaram a sair
à rua. Um desconsolo. E para quem como eu anda
sempre a suspirar pelo calor e pelo verão, então é uma
tristeza  completa, até porque  nem  sequer  posso
consolar-me pensando que estamos no Inverno e como
tal estamos no tempo do frio e da chuva. Mas não, em
plena Primavera não se pode aceitar de boa cara  este
tempo. Ou seja, aceitar tem que ser, agora gostar isso
já é outra conversa....


quarta-feira, 24 de abril de 2013

FERIADO

Aproveitar o feriado para passear e apanhar sol, já
que para o fim de semana o frio volta a visitar-nos.
Estava a gostar tanto destes dias de sol e calor.
Por mim o frio podia ficar por onde tem andado e
só voltar lá para Novembro.
Portanto amanhã é aproveitar o feriado, o sol e o
calor.


terça-feira, 23 de abril de 2013

DIA INTERNACIONAL DO LIVRO

Gosto muito de ler. Desde sempre.
Não tenho livros preferidos.
Há livros que gostei muito, outros que gostei menos e
ainda outros que não gostei nada (alguns não conseguindo
chegar ao fim).
Mas os livros sempre foram para mim uma grande companhia.
Vivendo no Porto Santo, onde no Inverno não havia nada de
nada para fazer (tirando a escola) eram os livros os meus melhores
companheiros naquelas tardes aborrecidas de Inverno.
Com 10/11 anos li os livros do Júlio Dinis, devorei os livros da
ColeçãoAzul, os do Sandokan e muitos mais que nem me lembro.
Não seriam  livros apropriados para a minha idade, mas era o que
havia em minha casa e na dos meus avós e como as senhoras
adoravam  a "Coleção Azul" onde todas as mulheres tinham de ser
boas e puras para finalmente serem felizes no casamento, nunca
me proibiram essas leituras.
E eu "pelava-me "pelos finais felizes, lia  e relia os últimos capítulos
dezenas de vezes.
E agora lembrei-me de uma revista infantil "A fagulha", alguém
se lembra dessa revista? Também passamos bons momentos juntas.
Nunca disse à minha filha "tens de ler". Mas de tanto me ver
sempre com livros, para ela o hábito da leitura foi completamente
normal. O mesmo está a acontecer com as minhas netas.
E acabo o texto como comecei: GOSTO MUITO DE LER.

domingo, 21 de abril de 2013

OS FINS DE SEMANA "VOAM"

Dois dias que passaram a voar.
O tempo está agradável e convida ao passeio.
Pela primeira vez este ano o pequeno almoço foi tomado
na varanda. Adoro este luxo, que de luxo não tem nada,
mas gosto muito. E há que aproveitar e valorizar estes
pequenos prazeres.
Amanhã mais uma semana de trabalho. Esta mais pequena,
visto termos um feriado pelo meio. E esperar que este tempo
glorioso continue.

sábado, 20 de abril de 2013

PREPARANDO O VERÃO

Varandas preparadas para a Primavera/Verão.
Agora é esperar que o bom tempo se mantenha
e aproveitar o melhor possível estas estações do
ano que tanto gosto.
Apeteci-me tanto comprar mobília nova para a
minha varanda  grande. Mas....é preciso evitar
despesas. A verdade é que recebo (recebemos)
muito menos euros do que por exemplo há dois
anos atrás. Mas as despesas continuam e o custo
de vida aumenta. Bom, mas apesar de tudo não
quero queixar-me. Mas aborrece-me privar-me de
coisas que me iriam dar prazer e depois vem o Sr.
Governo e lança um imposto qualquer e aí lá vai
o dinheirinho que evitamos gastar. Fico mesmo
"danada".
Quanto à  varanda, pois bem, umas  almofadas
coloridas, uns vasos de flores e vai ser tudo para
esta temporada.

sexta-feira, 19 de abril de 2013

DA SEMANA

Foi uma semana complicadinha a nível de organização
doméstica.
Fiz um exame de retinopatia diabética e estava tudo bem.
Mas... fiquei quase 2 horas em que pouco mais via do que
sombras (susto).
Tentei comprar roupa e nada me ficava bem. Eu não estou
gorda, mas os vestidos que vesti só me faziam parecer um
saco de batatas.
Recebi um elogio em relação à minha idade (não parece
nada a idade que tem) e fiquei toda contente.
E pronto, foi isto. Estamos em fim de semana, mas tenho
tanto que fazer. E apetecia-me aproveitar o sol e o bom
tempo.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

O BOLINHO

O bolinho dos 6 anos. Baseado nas bonecas "monster high"
a nova paixão. (Bolinho feito pela mamã, minha filha) que
arranja sempre tempo para estes miminhos.

A organização caseira está toda desorganizada?
Não interessa! O importante foi o fim de semana
em família, o reencontro com os primos, a alegria
da "princesa". Isso sim, é importante. O resto? O
resto é para ir fazendo.....

quinta-feira, 11 de abril de 2013

E este principio de fim de semana é de anos.
Amanhã é o dia do marido e no sábado é a
minha princesinha mais velha que já vai fazer
6 aninhos. Como o tempo passa depressa.
Parece que foi ontem que vi aquela bebé linda,
pequenina e redondinha pela primeira vez e já
passaram quase seis anos.  Realmente para umas
coisas o tempo parece voar, já para outras nem
por isso.

terça-feira, 9 de abril de 2013

CURIOSIDADES

Maneira tradicional de como eram feitos os bolos do caco
no Porto Santo. Estes sim, deliciosos. Nada a ver com os
que se comem agora. As pessoas gostam, porque desconhecem
o verdadeiro sabor dos originais. No Porto Santo ainda há quem
faça estes bolos à maneira antiga. E esses,  garanto que são uma
verdadeira delícia.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

HOJE FIQUEI EM CASA

Não, não meti um dia de férias. Simplesmente um raio
de uma virose atacou-me ontem ao fim da tarde, e hoje
não me sentia nada bem para ir trabalhar. Passei o dia
entre a cama e o sofá e quanto a comida fiquei-me por 
umas gelatinas e bolachas Maria acompanhadas por chá.
Sinto-me melhor, daqui a pouco vou deitar-me e espero
amanhã já estar capaz para ir trabalhar.

domingo, 7 de abril de 2013

MOINHO NO PORTO SANTO

E hoje dia mundial dos moinhos, deixo uma foto muito
antiga de um moinho de vento no Porto Santo.
Nos séculos passados estes moinhos eram muito
importantes para a população, pois vivendo quase da
agricultura, precisavam dos moinhos para transformarem
os grãos em farinha. Neles moíam-se o trigo, a cevada, o
milho e o centeio. A partir daí , cada um nas suas casas
fazia o pão, o bolo do caco, as papas de milho, a sopa de
trigo e tudo o que fosse possível fazer. Era uma ilha pobre
e era preciso aproveitar tudo.
Infelizmente hoje já quase ninguém cultiva. Os tempos são
outros, trabalhar o campo é penoso e pouco lucrativo e a
maioria das pessoas deixou de cultivar as terras.
Parece-me que os mais novos nem sabem o que é mexer
na terra. Construiu-se muito e também já há menos campos
de lavoura. Evolução dos tempos, que para muitas coisas
foi positivo, mas também trouxe outras menos boas.

sábado, 6 de abril de 2013

"JARROS"

A alegrar a minha cozinha e a fazer lembrar que a Primavera
está por cá. Hoje o dia foi de sol, mas tão frio que parecia
que estávamos em pleno Inverno. Mas com dia de sol tão
 bonito, até era pecado ficar em casa e por isso a manhã
foi passada na rua a tentar fazer umas compras (não comprei
metade das coisas que queria) e também a passear na beira mar,
que mesmo com o ventinho frio, acabava por se tornar agradável.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

SEXTA FEIRA

                        "Ilhéu de Cima"- Porto Santo

FELIZ FIM DE SEMANA

quinta-feira, 4 de abril de 2013

FUTILIDADES

Estes primeiros dias de Primavera são mesmo "tramados"
no que diz respeito ao vestir.
Não está frio, mas também não está calor.
Chove e não apetece calçar botas, por outro lado ainda está
frio para calçar sapatos abertos e sabrinas.
Não apetece pretos e cinzentos, apetece sim, as chamadas
"cores de primavera", mas lá está , ainda não faz calor
suficiente para "coisinhas leves e coloridas" E por isto sinto-me
super limitada no que diz respeito a roupas. Todas as manhãs
nunca sei o que vestir, ou porque chove, ou porque não apetece
a cor, ou porque depois vou ter frio. Calor vem depressa, sim?
Mas estão a anunciar frio para o fim de semana. Ainda não é
desta que a Primavera fica entre nós.

domingo, 31 de março de 2013

Saíram pela manhã cedo, iam almoçar a casa dos outros
avós. E como habitual, assim que elas saem, dá-me para
fazer arrumações. E fizeram-se arrumações como se não
houvesse amanhã. Podia ter ido fazer uma caminhada e
beber um café à beira mar, mas a manhã escura e a ameaça
de chuva não convidavam para sair. Eu já devia estar
habituada a estas ausências, mas a verdade é que custa
sempre.
Mas não me posso queixar, foi uma boa Páscoa. Pela
primeira vez em muitos anos não trabalhei, tive a companhia
dos meus, só o tempo não ajudou muito. Mas no sábado
o sol apareceu e passeamos bastante. Tivemos um almoço
simpático num restaurante que faz comida madeirense, (a
espetada e o milho frito estavam para lá de bons) e mais
importante ainda, estávamos juntos e em família.
E pronto, foi isto. Elas já estão em casa, eu estou aqui e
amanhã voltamos à rotina do costume.

quinta-feira, 28 de março de 2013

UM PEDIDO AO SÃO PEDRO

Para estes dias de Páscoa,por favor, manda bom
tempo.

CONSTATAÇÃO

Pela primeira vez em muitos, muitos anos, não
vou trabalhar nos feriados da Páscoa.


terça-feira, 26 de março de 2013

domingo, 24 de março de 2013

DO FIM DE SEMANA

Sossegado. A chuva convidava a ficar por casa.
Por isso, tirando as saídas para os afazeres necessários,
deixei-me estar por casa. Tinha muita coisa para limpar
e arrumar. E nem a minha volta ao longo da praia fiz.
Mas na verdade com o tempo tão desagradável, só
apetecia casa e sofá. E mesmo assim o fim de semana
passou a correr.

sexta-feira, 22 de março de 2013

SEXTA FEIRA

                               Praia do Porto Santo

As saudades que tenho do Verão e de um dia de praia.
E desta praia então é melhor nem falar.
Desejo-vos um óptimo fim de semana, mesmo sem praia e com chuva à mistura.                              




quinta-feira, 21 de março de 2013

Levei o santo dia a pensar que era sexta e que
o fim de semana estava aí.
Amanhã é que é. E tenho tanto que fazer.

quarta-feira, 20 de março de 2013

HOJE ÀS 11,01H COMEÇOU A PRIMAVERA

Bem-vinda Primavera.
Sê simpática e faz-te acompanhar de dias
quentes e luminosos. Oferece-nos o teu
melhor. E tens tantas coisas boas. Portanto
não te esqueças. Tu és Primavera. E és bela.
Não queiras ser Outono nem Inverno.

segunda-feira, 18 de março de 2013

De volta ao mundo real.
O fim de semana foi bom, com muitos miminhos tal
como é habitual quando estamos juntas.

quinta-feira, 14 de março de 2013

QUASE FIM DE SEMANA

E este fim de semana vou visitar as princesas.
Já estou cheia de saudades, quase dois meses
sem as ver  é muito tempo.
Portanto amanhã ao fim da tarde, "enfio-me" no
autocarro e vou aproveitar o fim de semana e
a companhia das "minhas meninas".

terça-feira, 12 de março de 2013

HOJE

A convite da minha farmácia habitual fui fazer uma
limpeza à pele e experimentar os produtos da marca
Caudalie.
Fiquei encantada. A textura, o cheiro, tudo me agradou.
E que bem me soube aqueles momentos de relax ao fim
de um dia de trabalho.
Os produtos são um bocado caros, mas parece-me que
vale a pena o investimento. Por agora só comprei um creme
facial para ser aplicado de manhã e à noite, mas ofereceram-
-me uma água de limpeza e um tónico. Daqui a uma semana
digo se noto resultados positivos. Mas parece-me que vou
gostar muito destes novos amigos.

sexta-feira, 8 de março de 2013

CHUVA

Parece que lá para cima houve uma
rotura de canos.

terça-feira, 5 de março de 2013

AS MINHAS NETAS IAM FICAR TÃO GIRAS

Se entro na loja que tem esta colecção" Mayoral " de certeza
que perco a cabeça. A colecção é toda ela linda.

COISAS QUE NÃO COMPREENDO

Os drogados não precisam de receitas médicas para
levantarem nas farmácias aquilo que lhes faz falta.
Portanto nesse aspecto têm a vidinha simplificada.
Entram na farmácia, passam à frente de toda a gente
e já está.
Já os diabéticos precisam de receitas médicas para
tudo o que tem a ver com a sua doença. Coisa que
às vezes não é fácil, dado os horários dos médicos
nos Centros de Saúde.
Mas pronto, os drogados são doentes, já os diabéticos
são uma data de gulosos (passaram a vida a comer
açúcar) e como tal são culpados pela sua doença e
não precisam que lhes facilitem a vida.
Só pode ser isto.

segunda-feira, 4 de março de 2013

COISAS BOAS DO FACEBOOK

                    Os meus Pais quando eram novos

Lembro-me desde sempre de ver esta fotografia dos meus pais
em forma de quadro na sala lá de casa. Mas não me lembro de
ver em fotografia pequena.
Pois bem, um primo, reencontrado no fb. mandou-me esta foto.
Herdou fotografias dos pais e entre ela encontrava-se esta
dos meus pais, o meu Pai era irmão da Mãe do meu primo.

A minha filha não é parecida com a Avó, mas olhando para esta
fotografia, consigo ver a mesma doçura no olhar e no sorriso.

sábado, 2 de março de 2013

COISAS QUE ME IRRITAM

Chegar ao supermercado habitual e os artigos nas 
prateleiras estarem todos mudados. Onde estava o
leite, estão as águas, onde estavam as massas estão
agora os detergentes e por aí fora.
Os 30 minutos habituais multiplicam-se à procura do
que me faz falta e não encontro.
Só me apetece deixar o carrinho no meio de um dos
corredores, dar meia volta e ir-me embora. Mas.....
são bens necessários e como tal nada a fazer.
E mais que certo, quando já souber onde esta cada
artigo, voltam a mudar tudo de novo.

sexta-feira, 1 de março de 2013

FIM DE SEMANA

A semana já passou (devagar mas passou) e estamos
de novo em fim de semana. Não vou fazer nada de
especial,  mas para alegrar o fim de semana (e a minha
casa) comprei flores.
Pena estarem tão caras. Não as posso comprar todas as
semanas, mas um miminho destes de vez em quando deixa-me
feliz e a minha casa agradece.
E que flores comprei? Antúrios,  pois claro. Para fazer lembrar
a Madeira.


quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

ISTO ESTÁ BONITO...

Acabei de limpar a cara, tonificar e hidratar.
Mas não sei se hidratei com o creme de dia ou de noite.
E não me apetece repetir a operação.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

sábado, 23 de fevereiro de 2013

MAS QUEM DISSE QUE FIM DE SEMANA É IGUAL A DESCANSO

O que fiz hoje:
Limpei;
Arrumei;
Cozinhei;
Passei a ferro;
Fiz compras;
Descanso? Tirando a hora de cabeleireiro, só
ao fim da tarde é que me sentei.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

FIM DE SEMANA

Mais um fim de semana, este acompanhado de chuva
e frio. Bom para ficar por casa.
Só que já estou um bocado cheia do Inverno.
Apetecem-me dias quentes e passeios à beira mar.
(Para não falar das idas à praia).
Bom, mas como não posso mudar as estações do ano,
o melhor é sorrir e tirar o melhor partido destes dois
dias de descanso.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

VENTO

Está uma ventania por estes lados que nem imaginam.
Ou talvez sim. Para nos fazer lembrar que estamos no
Inverno. E parece-me que também chove. Detesto este
tempo.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

E


A "menina"  (minha filha) que escreveu o post abaixo
ainda consegue tempo para fazer estes "bolinhos".

sábado, 16 de fevereiro de 2013

A VIDA TAL COMO ELA É

Maternidade na óptica do utilizadorMaternidade na óptica do utilizador: gerir uma família completa em "part-time"
Sábado, 16.02.13
"Escrevo, as miúdas já dormem e estou novamente sozinha com elas. Esta semana foi boa: com a Terça-feira de Carnaval tivemos o pai connosco mais 2 dias!
Elas já estão habituadas às ausências que têm sido cada vez mais prolongadas, não só fruto da profissão que escolheu, mas também desta crise que obriga a uma presença fisica constante nos poucos sítios onde ainda há indústria. Habituadas ou não, não impede a pequenina de 2 anos de perguntar vezes sem conta pelo pai e, a mim de responder, “O pai não está!”. Numa das últimas ausências de 2012, ele voou até aos Açores e eu respondi que “O pai foi no avião!”, certinho, durante o mês seguinte a pergunta pelo pai era seguida por um “’Tá no ‘vião?”. Habituadas ou não, não impediu a grande de 5 anos de acordar a chorar com saudades do pai – nada que um telefonema não ajude a resolver; ou de o esmagar com carinhos quando ele volta de mais uma semana de ausência.
Lá em casa temos pai ao fim de semana. Com sorte ainda o apanhamos Segunda-feira. Nos restantes dias está fora. É fácil? Não é. Tudo se faz, mas é muito mais fácil fazer a dois. E muito mais agradável, pois claro.
Durante a semana eu trabalho e chego a casa pelas 18h30 depois de ir buscar as meninas à creche. Dou-lhes banho, invento qualquer coisa para o jantar. Aturo as birras, brinco, arrumo brinquedos, vejo a tv delas (Disney e Panda). Deito-as cedo e fico com elas até adormecerem, depois da hora de ponta do final do dia. Só depois tomo banho e trato de mim. De manhã levanto-me às 6h e deixo-as na escola por volta das 8h. Visto-as, lavo caras e dentes e penteio cabelos. Há mais birras, (porque não quer aquelas calças!!!). Faço/dou pequeno almoço. Apresso para sair. Normalmente não nos atrasamos. No meio desta rotina as saudades são compensadas com telefonemas ao final do dia. Telefonemas com sabor a tristeza e cansaço.
Na ausência do pai, por vezes fazemos coisas de meninas e brincamos aos cabeleireiros ou pintamos as unhas. Mas, invariavelmente, sinto que o tempo é curto para eu sozinha fazer tudo o que gostaria. E ele sente que o tempo que está connosco não chega para tudo o que merecemos em família.
Somos uma família completa em part-time, creio que as há por aí aos montes! No fim de contas até temos sorte. Estamos juntos todos os fins de semana! Durante a semana é um contar de dias até estarmos todos juntos a fazer aquilo que mais gostamos.
Não pretendo gerar tristeza ou melancolia, atenção. As coisas são como são e temos de as enfrentar. Antes isto do que termos um pai 100% do tempo em casa, desempregado. Antes isto do que qualquer tipo de doença. Comigo as coisas são pão-pão/queijo-queijo, mas, esta noite a bebé acordou a chorar, o pai levantou-se para a ir ver, eu para ir buscar o medicamento para aliviar a dor de ouvido e dei comigo a pensar como é muito mais fácil quando estamos os dois. E amanhã já vou ao otorrino sozinha com as duas!
O que é que me facilita a vida...
Durante o fim de semana preparar logo uma ou duas refeições para durante a semana / durante a semana fazer refeições de rápida preparação que elas comam bem.
Preparar sempre a roupa delas de véspera. Também devia preparar a minha, mas nem sempre o consigo fazer.
Ter calma, mesmo quando trabalham por turnos no sector das birras e teimosias.
Brincar com elas e com as situações. Rir é o melhor remédio. E, muitas vezes, nada melhor que um pouco de gozo para acabar com situações frustrantes para todos!
Dica Quadripolar:

 Desenvolver um olhar de “mãe” (lembram-se aqueles que as nossas mães tinham e que nos tiravam o cavalinho da chuva quando nos iamos portar mal?). Aparentemente a minha filha mais velha já responde a isto. Muito eficaz quando estamos em lugares públicos!"

Sara Santos- mãe da P. e da A.
Tags:
maternidade na óptica do utilizador
Pólo Norte
comentar favorito
Este texto foi escrito pela minha filha, no blog "maegyver.blogs.sapo.pt" gerido pela Polo Norte.
Tinha de publicar.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

UM "CHEIRINHO" A PRIMAVERA

Bom fim de semana.
E aproveitem o sol de sábado porque no domingo
volta a chuva.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

"CROCHET"

Toalha de cozinha feita a partir de panos de cozinha.
Tenho esta toalha já há muito tempo. Foi feita no trabalho
nos intervalos da hora de almoço. Nessa época tinha uma
colega que aproveitava todos os bocadinhos para fazer
crochet.  Depois outras colegas seguiram-lhe o exemplo.
 Com tanta gente a crochetar até ficava mal eu estar de
 mãos a abanar, ou seja não fazer nada, de maneira
que também me entusiasmei e juntei-me ao grupo.
Das mãos das minhas colegas saíram coisas bonitas. Das
minhas apenas uma data de panos de tabuleiro e de cozinha
com uma rendinha à volta e duas toalhas feitas a partir de
panos de cozinha. Estas toalhas apenas as uso na cozinha.
A minha cozinha é espaçosa e tenho uma mesa para refeições
no dia a dia. Hoje foi o dia de colocar esta toalha.