quarta-feira, 22 de março de 2017

BATON

Usam sempre a mesma tonalidade de baton, ou têm varias cores?
Em nova gostava de variar, de Verão usava umas cores de Inverno outras.
Agora habituei-me a uma cor muito próxima à cor dos lábios e sinto-me estranha com outras cores.
Hoje tentei uma cor mais clara e não me senti confortável. Não digo que me ficasse mal, mas ... saía da minha zona de conforto. E voltei à cor habitual. 
E vocês pessoal da minha idade, arriscam? Quanto ao pessoal mais novinho aproveitem enquanto tudo lhes fica bem.



segunda-feira, 20 de março de 2017

PRIMAVERA

Já a temos entre nós.
Chegou esta manhã, acompanhada de algum vento e descida da temperatura.
Não faz mal. Há que saber esperar.
Calor, dias longos e bonitos vão chegar.
Entretanto andei a tratar das minhas plantinhas. 
Durante o inverno são tantas vezes esquecidas. 
Amanhã vou comprar mais uns vasos. E terra. Quero mais sardinheiras para alegrar as minhas varandas.


quarta-feira, 15 de março de 2017

DETESTO

Procurar algo que sei que tenho em casa e não consigo encontrar.
Neste caso uns retalhos grandes e uns panos de loiça (sobras) dos tempos em que lhes fazia um crochet à volta. 
Andava a pensar que lhes poderia dar alguma utilidade e hoje apeteceu-me ver melhor que destino dar-lhes. Não os encontro. Sei que estavam dentro de um saco guardados num armário. Agora não os encontro. Até já admito a hipótese de num ataque de "destralha" os ter deitado fora. Mas por outro lado não me parece que o tivesse feito. Já dei a volta à casa toda a olhar para todos os sítios a ver se me lembrava onde diabo teria arrumado os ditos e nada. Na melhor vão aparecer quando eu andar feita louca a procurar outra coisa qualquer.

terça-feira, 14 de março de 2017

PARA TODOS OS GOSTOS

Sol, pingas de chuva, vento, frio, céu cinzento. 
É o que temos por cá.
Que raio de tempo este!

segunda-feira, 13 de março de 2017

ESTA MANHÃ

Lavar cabelo.
Secar cabelo.
Prender  a parte da frente com uma pinça enquanto acabava de arranjar-me.
Sair.
Passar pela padaria, sapateiro, banco e uma loja.
Como ainda era relativamente cedo ir dar uma volta pela marginal.
Só aí, com o vento a despentear-me toda (sim continua muito vento e arrefeceu) dei conta que continuava com o raio da pinça que era suposto ter tirado antes de sair de casa.
Uma pessoa perde tempo a arranjar-se e  depois deixa escapar um pormenor destes. 
Caramba!

domingo, 12 de março de 2017

VENTO

Uma manhã de domingo com muito vento.
No terraço as cadeiras e os vasos dançam.
E apesar do sol brilhar não sei se me apetece sair para o passeio do costume.

quinta-feira, 9 de março de 2017

POR CÁ

Aproveita-se o sol para caminhadas à beira mar.
E para beber café na esplanada.
E para abrir janelas e deixar a casa receber o sol e o calor.
E abrir roupeiros.
Tão mas tão bom.