domingo, 31 de maio de 2009

UMA CARTA

Lembra-se quando vim para cá viver e que
todas as semanas escreviamos cartas uma á
outra e que se essas cartas não chegassem
nos dias que era suposto chegarem telefona-
vamos logo a saber o que se passava e se estava
tudo bem?(mais a Mãe do que eu)
Nesses anos não haviam telemóveis nem net
e as comunicações não eram tão fáceis como
hoje.
Depois a Mãe deixou de ter paciencia para es-
crever e passamos a comunicar só por telefone.
E depois nada, já lá vão quase 2 anos.
Mas hoje deu-me saudades de lhe escrever uma
carta. Para falar um bocadinho consigo.
Para a saudade se tornar mais doce.
Sabe? Vendi a minha parte da nossa casa ao
meu irmão. Agora ele está a torná-la como
nova. Mas a Mãe sempre disse que a casa era
para os seus netos, pois bem com o dinheiro
recebido ando a tentar comprar um pequeno
apartamento lá que será para a sua neta e bis-
neta. Sabe que tem uma bisneta, não sabe?
Linda que nem ela, e que herdou o seu nome.
Há pouco tempo estivemos as 3 lá. Fomos á
procura do apartamento que vai substituir a
que era a nossa casa. Encontramos uma pes-
soa que disse referindo-se ao nome dela: Vi
logo quem era, é que eu andei na escola com
a sua mãe. (queria dizer que tinha sido seu
aluno).
Ando mesmo com vontade de ter qualquer
coisita lá. Para ser o refúgio das 3 mulheres
da família P.P. E das que porventura
possam ainda chegar á nossa família.

Muita saudade

quinta-feira, 28 de maio de 2009

DIAS DE QUASE VERÃO

Felizmente os dias bonitos e quentinhos
já são uma realidade.
Parece que já é verão. Hoje mesmo, como
não trabalhei fui até á praia. Pena a água
ainda estar geladinha. Mas deu para des-
cansar e apanhar um solinho, não muito
pois detesto apanhar escaldões, por isso
prefiro ir ganhando o bronze aos pouqui-
nhos e sempre dentro das horas certas.
E ao fim da tarde fiquei a descansar sen-
tada na minha varanda (a minha sala de
estar nestes próximos meses). É lá que
gosto de descansar nos fins de tarde.
Só é pena a minha mini buganvilia ainda
não estar florida.

domingo, 24 de maio de 2009

MUITO TRISTE

Deixar a minha neta a chorar ontem
quando voltei para a minha casa.
Já de manhã quando lhe disse que
tinha de vir embora, ela abraçou-me
muito e pediu-me para não vir.
O pior foi mesmo quando tive de sair.
Deixar a miúda a chorar partiu-me o
coração.
Porque é que temos de viver longe das
pessoas que nos são queridas?

terça-feira, 19 de maio de 2009

A VIDA SE RESOLVE SÒZINHA

Pois é, mas até se resolver mesmo
sem serem coisas graves (só abor-
recidas) a cabeça fica feita num oito
(para não dizer outra coisa).

domingo, 17 de maio de 2009

OUTRO FIM DE SEMANA

Tão diferente do anterior.
O tempo está uma maravilha mas
ao contrário do da semana passada
passei-o fechada a trabalhar.
Nada de ar livre, nada de praia, nada
de nada.
Só muito stress.

O FIM DE SEMANA

Foi bom e o único senão foi ter sido
só um fim de semana. Correu tudo
bem e o tempo também ajudou, esta-
va um calorzito muito agradável e ainda
deu para ir á praia. Por pouco tempo,pois
um almoço de família esperava-me e não
queria que ninguém ficasse á minha es-
pera.
Foi a primeira vez que a minha neta foi
ao "meu ilhéu". Ela gostou pela liberdade
que isso lhe deu. Afinal não é todos os dias
que se passa a maior parte do tempo ao ar
livre, de pezinho ao léu e a brincar na relva
e com a água (para quem vive numa cidade
e num apartamento).
Gostava muito que ela aprendesse a amar
aquele cantinho, que mais tarde fosse o seu
porto de abrigo o seu ilhéu.






quinta-feira, 7 de maio de 2009

O FIM DE SEMANA


Será passado aqui. Vou ver o "meu ilheu".
Pede-se bom tempo e algum calorzito mas
parece que por lá o tempo não está tão bom
como por estes lados.
Queria muito que o 1º banho de mar deste
ano fosse lá. Tenho saudades daquele Mar.

quarta-feira, 6 de maio de 2009

PARA QUANDO

Uns comprimidos que substituam o peixe,
a carne e os vegetais?
Seriam comprados na farmácia e para alegrar
a vista e o prato podiam ser ás cores tipo para
o peixe azul, carne vermelho e assim suces-
sivamente.
É que só de pensar em cozinhar fico logo mal
disposta. Confesso que nunca gostei de cozinha
e cada vez gosto menos.
Era tão fácil, era só passar pela farmácia á vinda
do trabalho e pronto já estava, sem stresses sem
nada e o tempinho ganho podia ser aplicado em
tanta coisa mais agradável.
Eu seria a maior fã e a mais fiel compradora.

domingo, 3 de maio de 2009

sexta-feira, 1 de maio de 2009

E PORQUE






Está um dia bonito e tenho saudades das férias
e do mar ficam estas fhotos para sonhar....