quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

DA CHUVA

Nascida numa ilha onde a chuva era considerada quase um milagre de Deus e numa família que tendo terras pediam chuva afim de terem um bom ano de cultivo e sabendo a falta que a chuva faz, ainda assim quando me levanto pela manhã e vejo que temos chuva fico logo desmotivada e aborrecida. A verdade é que não gosto mesmo de chuva. E fui criada junto a pessoas que gostavam e suspiravam pela chuva. Lembro-me do meu avó materno calçar umas botas de água (galochas) e sair para as terras para ver se a água da chuva era suficiente para uma rega, lembro-me da minha avó e tias à janela todas contentes a ver a chuva e a água que a levada trazia. Mas nem estas recordações da minha meninice me fazem ter alguma simpatia por dias de chuva. Simplesmente não gosto. Felizmente o tempo melhorou e agora até está um solzinho a modos que envergonhado.

3 comentários:

Crocheteando...momentos! disse...

Parece que não melhoro com o raio da chuva que imprevisível me cai constantemente na tola!
Venham dias de sol para caçar os caracóis e arejar a vivenda! Bjoca

Maria do Mundo disse...

Também não gosto de chuva. Suporto dias frios, desde que haja sol.

Liliane de Paula disse...

Eu gosto de chuvas.
Mas, nesse país de m..... que vivo, tenho medo que as chuvas derrubem fios de cima dos postes.