domingo, 10 de maio de 2015

PRAIA E VENTO

Primeiro dia de praia. Se não fosse o vento diria que estava óptimo. Mas estava um bocado de vento e a água do mar geladinha. Mas deu para apanhar ar e uma cor. Porque ainda ontem quis vestir um vestido e calçar sandálias e desisti da ideia. Olhei para as pernas e pés e só me lembrava de uma publicidade do Omo ou Tide que dizia qualquer coisa tipo "branco mais branco não há". Portanto aos poucos há que ir apanhando um solinho para adquirir a tal cor que tanto gosto. Quero comprar alguma roupa de verão mas enquanto não tiver  o tal bronzeado, nem vale a pena tentar fazer compras, acho que tudo me fica mal. Bikinis então nem pensar, ainda por cima é uma compra que detesto fazer, porque raramente encontro o que quero ou o que acho que me fica bem. Agora a coisa está mais facilitada com a compra por separado, porque normalmente o que me acerta na parte de baixo não serve no peito e vice-versa. Gosto de os comprar na Calzedonia, só que não tenho nenhuma perto na minha área de residência. Continuação de bom domingo. Pela parte que me toca vou aproveitar a minha varanda.

3 comentários:

O meu pensamento viaja disse...

Aí ficarás moreninha num instante!
Aqui o tempo continua muito incerto.
Boa semana, querida.
Beijinhos

Crocheteando...momentos! disse...

A pouco e pouco...esse bronzeado vai aparecendo!
A mim...os ares do campo já me deram essa tonalidade!
Também gosto da marca que mencionou!
Boa semana e bj

Liliane de Paula disse...

Sábado e domingos nem fui caminhar no calçadão da praia, de onde sempre tiro boas fotos.
Detesto ser branca.
Gosto de ter cabelos louros, mas não precisava ter a pele branca.