domingo, 4 de julho de 2010

CONSTATAÇÃO DO DIA

Está tanto mas tanto calor que eu estava bem era na praia e com
o rabinho dentro de água. Mas não, estou é no escritório a trans-
pirar por tudo quanto é sitio.
Nota: Eu não me queixo do calor nem do trabalho, gosto dos dois,
mas umas feriazitas vinham mesmo a calhar. É que o meu corpinho
e cabecinha já andam a reclamar por dias de descanso e de prefe-
rencia junto ao mar com água quentinha.

5 comentários:

MARIINHA disse...

Já não devem estar muito longe as tuas férias. Agora é aguentar mais um pouco.
Espero que tu e os teus estejam bem.
Beijinho

Montana disse...

Mariinha, eu por causa do trabalho nunca posso ter férias no verão, com um bocado de sorte colo os 2 dias de folga com mais 1ou 2 dias e é tudo.
Este ano porque a minha neta (ou neto) nasce em Dezembro vou tirar férias nessa altura, mas como deves imaginar de descanso vou ter pouco.

MARIINHA disse...

Olá,
Venho responder-te sobre a viajem dos meus netos. Os miúdos gostaram de tudo, mas adoraram o dia que passaram no Parque de Diversões. Gostaram também da viajem de comboio que fizeram de Hannover a Amesterdão, de andar de barco nos canais e de terem passeado com o pai numa bicicleta em que podiam ir os três.
Enfim foi de tal maneira que o meu filho já diz que agora vai ser mais difícil ir só ele e a mulher. Achei-lhes muita graça, porque dizem que só não gostaram da comida deles. Alemães e holandeses.Fora de casa só comiam salsichas e batatas fritas. Estão em ir todos pela passagem de ano.
É pena não teres agora no Verão uns dias de férias, mas teres em Dezembro é por uma boa causa. Vai chegar o vosso menino Jesus. Era giro que fosse um menino.
Bjs

Laura disse...

Já somos duas,. Parece que em setembro o meu Nuno vem cá de férias e quer que eu vá com ele para o Algarve uma semanita, acho que vou...nem olho para trás...Há anos que nem sei o que é férias...força né..pra ti também, boas férias em breve..um abraço da laura

Laura disse...

Agora até faço tuas as minhas palavras e bora lá pró mar, velejar para sentir o vento a empurrar o calor, jasus o que prá'qui vai de tempo quente em demasia...
um xi da laura