segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

ONTEM

Foi um dia de neura. Por tudo e mais alguma coisa. Só ao fim da tarde quando falei com as minhas netas fiquei mais bem disposta. Foi-me deitar com o firme propósito que hoje seria um dia diferente.
E assim foi, Saí cedo de casa, tratei do que precisava, depois telefonei a uma amiga, bom não será bem amiga, mas é uma pessoa com quem gosto de estar e combinamos um almoço. A seguir ainda fomos ao Centro Comercial tomar café e ver " as modas". Cheguei a casa quase à hora da chegada do marido. Mas passei um dia agradável. Nada como uma boa conversa e visitar umas lojinhas para animar uma pessoa (não comprei nada). E nada de alimentar más disposições. Às vezes acontece, mas há que procurar forças para não nos deixarmos abater. Não ganhamos nada com isso, antes pelo contrário. E hoje até sinto remorsos por ontem estar tão cheia de pena de mim. 

6 comentários:

Maria do Mundo disse...

Todos temos dias assim, não há que sentir remorsos. O importante é não persistir neles. O importante é fazer estas pequenas coisas que nos deixam desanuviadas. Beijinho.

O meu pensamento viaja disse...

Isso mesmo! Bola pr'a frente.
Confesso que nem sempre consigo, mas teoricamente falando, sou uma especialista.
Beijinhos, querida.
Nina

Isa Sá disse...

Ainda bem que o dia foi melhor..... e que hoje seja melhor ainda!

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Crocheteando...momentos! disse...

Um programa diferente...faz toda a diferença na nossa vida...por isso vamos apostar neles!!! Bj amigo

Lete disse...

Todos nos sentimos assim, algumas vezes... o importante é não persistirmos tempo demais nessa angústia. :)
Fico contente por hoje te sentires melhor, há que acreditar que melhores dias virão.
Beijinho grande, até amanhã!

Liliane de Paula disse...

As vezes a gente até tenta, mas não é fácil, sempre encontrar disposição para sair.
Mas é bom olhar vitrines, conversar.