domingo, 6 de maio de 2012

DIA DA MÃE

Falar ao telefone com a filha e netas, tomar o pequeno
almoço na varanda da minha casa tendo como companhia
o sol dar um grande passeio ao longo da praia e sou feliz.
Realmente a felicidade depende de coisas pequenas e
do nosso estado de espírito. Claro que gostava de ter a
filha junto de mim, claro que gostava de ter recebido
flores, mas o prazer de ouvir as minhas netas, a mais velha
a conversar, a mais pequena a conversar também, só que
não percebi nada da algarviada da criança, foi muito bom.
E saber aproveitar estes grandes (pequenos) momentos
faz toda a diferença. Eu aproveito e sou feliz.

4 comentários:

O meu pensamento viaja disse...

Montanita, a idade não traz apenas chatices, traz serenidade e sabedoria.
beijo

disse...

O Montana, a felicidade é feita dessas pequenas coisas mesmo, nada como falar com os parentes queridos e saber que está tudo bem com todos. Bjocas.

Mariinha disse...

Amiga ainda bem que foi um dia bom. Quando os nossos filhos e netos estão bem nós também estamos,não é?
Hoje fui de novo à Feira do Livro para a sessão de autógrafos do Rafeiro Perfumado. Gostei muito de o conhecer, a ele e à mulher. São um casal muito simpático. Mais tarde foi o jantar das mães, (eu, a mãe da minha nora, a minha nora e a irmã dela) e os respectivos maridos e filhos, este ano não foi almoço. Cheguei à pouco. Bjs e boa semana

Nita disse...

Isso é...sabedoria e discernimento!
Bom fim de semana.

Beijo da Nita.