sábado, 18 de agosto de 2018

POR CÁ

Tenho andada desaparecida pois o tempo não dá para tudo.
O marido continua internado, mas a melhorar, penso que se tudo continuar bem para a próxima semana terá alta hospitalar.
A minha vida tem sido uma correria, de manhã praia com as netas, de tarde idas ao hospital para estar com o marido.
Chego ao fim do dia super cansada.
E às vezes ainda vou até à praia no final da tarde para as netas brincarem com as "amiguinhas da praia". Hoje inesperadamente encontraram uma coleguinha do colégio e ficaram super felizes. E o melhor é que o toldo dos familiares da menina é mesmo muito próximo do nosso.
Chegamos a casa já passava das 20 Horas. A praia estava muito boa e a água do mar com uma temperatura bastante agradável. Não gosto de ficar até tão tarde na praia porque depois ao chegar a casa há toda a dinâmica dos banhos, das roupas para a máquina e do jantar. E se há coisas que eu gosto mesmo é por volta dessa hora já estar de banho tomado e com as rotinas de casa já organizadas/feitas.
Por outro lado as miúdas estão de férias, é suposto passarem um tempo agradável e o que é que uma avó não faz para ver as suas netas felizes?

terça-feira, 31 de julho de 2018

CINCO ANOS

Faz hoje cinco anos que a minha vida mudou muito.
Não vou dizer que foi para melhor, porque infelizmente não foi.
Mas com a mudança aprendi muitas coisas.
A ser mais tolerante, a aceitar a parte menos boa que a vida me vai dando e a valorizar cada vez mais as partes boas que a vida felizmente também me vai dando.

O marido continua internado no Hospital.
Mas tenho as minhas netas cá em casa.
(O mau e o bom da vida)

quinta-feira, 26 de julho de 2018

POR CÁ

Preocupada e cansada. O marido não está nada bem. Hoje mesmo deve dar entrada(mais uma vez) nas urgências do Hospital.
Vale-me a companhia da família.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

FÉRIAS

E a partir de hoje estou oficialmente em férias grandes.
Família reunida.
Agora é aproveitar muito bem todos os bocadinhos.

terça-feira, 17 de julho de 2018

CALOR

Hoje sim, já se sente o calor tão típico do sul. E as saudades que eu tinha deste vento quente.
Oxalá seja para durar que um verão sem calor não é verão.
Mas a água do mar continua geladinha.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

HOJE NÃO ESTÁ FÁCIL

Aparentemente está tudo igual mas a angústia que sinto é mais do que muita. Os últimos meses não têm sido fáceis e há dias que a pessoa acaba por "ir abaixo".
Já saí, precisava de levantar dinheiro  mas a caixa multibanco estava vazia. Como estava no hipermercado começado por C acabei por fazer umas comprinhas que faziam falta. Depois para me animar foi  ao bar/restaurante e pedi um café e um pastel de nata. Já me tinha esquecido da porcaria de gordura que os danados trazem. Resultado tirei 2 colheres de café do creme e o resto ficou lá.
Vim para casa. À porta encontrei o maluco do meu vizinho que cada vez que me vê sai com uma pérola qual delas a mais oportuna. Hoje foi: "Não me diga que ele ainda está vivo". Disse-lhe que estava tudo bem e desculpei-me com os sacos de compras para entrar no prédio antes que o mandasse para um certo sítio. O que me vale é que raramente vejo o homem. Vivemos no mesmo prédio mas em blocos diferentes.
E agora estou para aqui .....



quarta-feira, 11 de julho de 2018

COISAS QUE EU SEI MAS QUE INSISTO EM REPETIR

Na praia para ler só mesmo revistas. Mas todos os anos insisto em carregar um livro  que nem duas páginas consigo ler.
Porque tudo me distrai. A praia ainda está relativamente calma e estando na zona de toldos, com vizinhos de todos os anos e ainda sem as netas poderia ter umas horitas de agradável leitura. Mas não, eu simplesmente não consigo concentrar-me. Ele é um barco à vela lá muito ao longe, ele é um iate todo janota bem mais perto, ele é uma gaivota, ele é o rapaz das bolas de Berlim, até as ondas ao chegarem à areia são motivos para eu olhar em vez de ler.
Assim sendo acabei por comprar uma revista que com tantas paragens pelo meio dá perfeitamente para ir folheando durante uma semana ou mais.
Os livros ficam reservados para as leituras de fim de tarde.
A praia está boa, mas a água do mar continua com uns míseros dezoito graus. Geladinha para o meu gosto.