quarta-feira, 11 de maio de 2022

MERCADO SEMANAL


 Todas as quartas feiras realiza-se aqui na zona um mercado onde é possível comprar frutas, legumes, produtos regionais e flores.
Inicialmente este mercado foi criado com o intuito de ajudar os agricultores locais a escoarem os seus produtos. Mais tarde começaram a juntar-se os comerciantes que andam de mercado em mercado a fazerem o seu negócio. 
Gosto de visitar este mercado apenas pelas flores. Já para compras de vegetais e frutas prefiro o Mercado Municipal. Aí sei que compro produtos da região. Um pouco mais  caros mas que compensa pelo sabor. Neste mercado é preciso conhecer a quem se compra. Caso contrário tanto podemos estar a comprar, por exemplo, morangos espanhóis por morangos da nossa zona.

sábado, 7 de maio de 2022

PARECE VERÃO MAS É PRIMAVERA


 O tempo tem estado mesmo muito bom. Parece que estamos no verão. Uma temperatura muito agradável e zero vento. As pessoas já começam a aproveitar a praia. Pela minha parte ainda não fui mas só porque os apoios de praia ainda não estão a funcionar e sinceramente ficar a apanhar sol sem uma sombrinha não me apetece. Claro que podia levar a minha própria sombrinha mas também não me apetece andar com a tralha toda a reboque. Por agora limito-me aos meus passeios à beira mar e que tanto gosto. Um  café numa esplanada a ver o mar também é coisa que me agrada.
Só espero que o tempo se mantenha assim. 

quarta-feira, 4 de maio de 2022

MANHÃS DE SOL

Se há coisas que gosto mesmo é de acordar e ver que está uma manhã de sol. Abrir as janelas e ver todo este sol na minha varanda enche-me de energia. Infelizmente durante os meses de Inverno o sol não "visita" esta minha varanda. Nada a fazer. Mas na Primavera e até meio de Outono aproveito imenso esta varanda. Ao findar a manhã o sol vai-se afastando mas nos dias de grande calor até é bom. Conseguimos fazer as refeições ao ar livre e sem o sol a queimar e até mesmo ficar a ler um livro aproveitando a sombra. 

Com a chegada do bom tempo as minhas varandas são muito aproveitadas. Porque com temperatura agradável prefiro  aproveitar as minhas varandas em vez da sala. Para ficar fechada na sala bastam-me os longos meses frios de Inverno.
 

terça-feira, 3 de maio de 2022

15 ANOS

Tenho andado desaparecida. A verdade é que a vida muda e nós acabamos por mudar também. E acabamos por adquirir novas rotinas e novos hábitos.  

O último mês foi passado quase na totalidade em Lisboa.  Primeiro os anos da neta mais velha, depois a Páscoa e por último porque dava jeito à filha que eu ficasse lá em casa mais uns dias. Por falar nos anos da neta lembrei-me que este blog já fez 15 anos. Os mesmos da neta. Criei o blog em Março e a neta nasceu em Abril. O blog está quase  esquecido e "arrumado" a um canto. A neta está uma adolescente gira, simpática e responsável. 

Gosto muito de estar em casa da filha mas também gosto muito de estar em minha casa. Em minha casa sinto muito a falta das netas e da filha. Na casa da filha sinto saudades das minhas coisas e das minhas rotinas. Mas tento tirar proveito de ambas as coisas. Uma das coisas que tenho aprendido com o tempo é aceitar a vida tal como ela é.







sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

HOJE


 Ao contrário dos últimos dias, hoje o sol não apareceu. O céu está cinzento e ameaça chuva. Ainda assim saí de manhã, precisava de fazer compras de mercado (verdes e frutas) comprar o meu pão integral e fazer a minha caminhada ao longo da praia.                               
Agora já estou em casa e sim já chove, mas apenas aquela chuvinha que pouco ou nada vai servir para os solos que estão mesmo secos.
Aflige-me que os governos não pensem em alternativas para a pouca chuva. Portugal tem muito mar, portanto a instalação  de uma Central Dessalinizadora  em certas zonas da costa fazia todo o sentido.


domingo, 30 de janeiro de 2022


 Foto tirada hoje no meu passeio pela beira mar depois de ter ido votar.

Confesso que estava com receio de ir votar mas não me iria sentir bem se não o fizesse. Resolvi ir relativamente cedo e foi o melhor que fiz. Estava tudo muito bem organizado, ainda não haviam filas e foi tudo muito tranquilo. Não esperei tempo nenhum e senti-me completamente segura. 
Não consigo dizer se o facto de estarem menos pessoas se devia ao facto de ser cedo ou pela mudança de local que passou para uma escola muito mais espaçosa, onde as pessoas não se cruzavam nem à entrada nem à saída.
Agora é esperar pelos resultados logo à noite e que quem ganhar dê o seu melhor ao País e aos portugueses embora tenha a noção que ganhe quem ganhar tem uma dura luta pela frente.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

POR CÁ

Terminou a espera. O malvado do virus já chegou à família. O colégio das netas está com muita gente (alunos, professores, auxiliares) infetados e claro todos os dias estávamos à espera que as miúdas fossem contagiadas. Por agora è a neta mais nova. Felizmente e por agora está bem mas claro a preocupação está presente. Depois também não sabemos se a mais velha irá apanhar. Tem feito testes e   tem dado negativo. Depois há ainda o genro e a filha. Mesmo com cuidados nunca sabemos. A filha já diz que sente a garganta a arranhar mas os testes vão dando negativos. É esperar para ver.

Eu estou na minha casa e tomo todos os cuidados mas nunca se sabe. Ando sempre de máscara mesmo quando faço a minha caminhada e as saídas são apenas para ir ao supermercado e ao mercado municipal (uma vez por semana) e se eventualmente precisar de mais alguma coisa. Um bocado cansada disto tudo.