terça-feira, 16 de outubro de 2018

NÃO HÁ VOLTA A DAR

Não está propriamente frio mas o tempo mudou. A cor do céu é outra, o vento é mais fresco  e quer queiramos ou não é Outono. Chegaram as primeiras chuvas e há que reorganizar o nosso roupeiro.
Vestidinhos e sandálias de verão já não apetecem, mas também ainda não apetecem lãs.
Nesta estação (e também no início da Primavera) tenho sempre grande dificuldade no que vestir, em parte porque sendo na prática estas estações cada vez mais pequenos nos últimos anos tenho investido muito pouco em roupas. Ou seja tenho comprado mais de verão/verão e de inverno/inverno. Aborrece-me comprar roupas que sei à partida que não vou dar muito uso. Mas depois nesta época é uma chatice para me arranjar, é um veste/ despe até finalmente me encontrar a gosto. Lá vou desencantando umas coisas e quando o look agrada fotografo para não me esquecer do que acho que resulta. 
Ainda não fiz compras para esta estação e não sei se farei. Por aqui não vejo coisas que goste mesmo.
Saudades de quando andava sempre por Lisboa e sem programar encontrava e comprava  roupas giras. Um mês uma peça, outro mês outra e o meu roupeiro estava muito mais recheado. E detesto sair só para fazer compras. Nunca encontro o que quero/gosto. Prefiro muito mais olhar uma montra e ver alguma peça que goste ou então entrar numa loja (só para ver) e encontrar a tal peça.

domingo, 14 de outubro de 2018

COISAS QUE ME FAZEM CONFUSÃO

Eu não quero ser injusta até porque há casos e casos.
Mas vejamos, ontem Portugal recebeu a visita de um furacão. Não vou opinar acerca do trabalho da Proteção Civil mas a verdade é que os avisos foram mais que suficientes. Não ficou informado quem não quis ou desvalorizou o que se iria passar. Claro que a força da natureza é muita e basta ver o grau de destruição em algumas zonas do país para chegar à conclusão que toda a cautela nunca seria suficiente. Mas depois há outros casos, gente a aproximar-se do mar já muito alterado para mais uma foto, pessoas (incluindo crianças) a passearem descontraidamente pelas ruas sem terem atenção ao que era pedido a todo o instante, só sair de casa em caso de muita urgência. E outras situações más. Podem chamar-me medricas, e sou, mas na noite de ontem eu era incapaz de ir dar um passeio, ou ir jantar fora ou mesmo de sair para um café. Se a Proteção Civil diz para ficar em casa é mesmo para ficar em casa. Se é para fechar janelas, fecham-se as janelas e persianas e tudo o mais. Não vamos facilitar, convém ir ouvindo as notícias e manter-se atualizado. Não pensar que há excesso de zelo. É sempre melhor prevenir do que remediar. Nestas situações tudo pode acontecer. Mas o que me parece é que infelizmente a grande maioria da população, felizmente por não estar habituada, ainda desvaloriza muitas estas situações. Felizmente não houve vítimas a lamentar. 
E aqui na minha zona foi tudo muito tranquilo. Hoje está muito mais vento do que ontem. Se não estivesse informada não tinha dado por nada.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

LEITURA

Temos leitura para o fim de semana e não só. Pelo volume do livro deve prolongar-se até finais do mês ou princípios do próximo. Tudo vai depender dos afazeres.
Como o livro ainda não foi editado em Portugal, comprei-o na versão original (espanhol) através da Wook.
Já li um pouco e penso que mais uma vez a escritora não vai desiludir.
Um bom fim de semana.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

POR CÁ

Ainda está calor mas alguma coisa nos faz sentir que o Outono chegou. Na minha terra (Madeira) ele já deu "o ar da sua graça" na forma de chuva e trovoada. Por cá dizem os entendidos que chegará lá para meio da semana.
Por agora ainda é tempo de vestidos leves e de sandálias mas certos vestidos já não apetecem. Túnicas e vestidos praia/praia já foram guardados para dar a vez a roupas com ar mais outonal. Este vestido que estou a usar hoje já é muito velhinho no meu roupeiro. Não lhe dou muito uso porque apesar de ser um vestido leve as suas cores não são de verão. Mas para este outono parece-me muito bem. E o estampado está actual.
Outra peça, também velhinha no roupeiro, é esta túnica também num estampado bastante actual. Tem anos e já tem passado uma ou outra estação sem sair do roupeiro. Este ano saiu umas quantas vezes.
Sabendo que acabo por dar oportunidades à minha roupa, só me desfaço mesmo se já não está em condições de ser usada ou se deixei mesmo de gostar.

terça-feira, 2 de outubro de 2018

PANDORA


Esta colecção da Pandora baseada na natureza está mesmo muito bonita.
Gosto especialmente do fio com o pingente e dos brincos. Mas a pulseira também podia vir cá para casa.
Tenho algumas peças Pandora de colecções mais antigas. Para ser sincera poucas foram compradas por mim. A grande maioria era o marido que oferecia. Penso que para ele era um alivio não ter que pensar o que me oferecer. Uma peça Pandora e resolvia o assunto. 
Estou mesmo tentada a oferecer o fio a mim própria. Mereço!

segunda-feira, 1 de outubro de 2018

DIA INTERNACIONAL DO CAFÉ

Dizem que hoje é o dia internacional do café.
Para mim, que gosto muito de café, faz todo  o sentido. Gosto do meu  primeiro café da manhã. Gosto do café a meio da manhã. Gosto de tomar café no sossego da minha casa. Mas também gosto de sair para ir tomar um café na minha pastelaria favorita ou numa esplanada  junto ao mar. Gosto de combinar um café. Enfim. digamos que o café está sempre presente na minha vida.

domingo, 30 de setembro de 2018

ATÉ PARA O PRÓXIMO JUNHO

Oficialmente a época balnear terminou hoje.
O tempo ainda está bom mas a partir de hoje e até Junho do próximo ano não há apoios de praia (pelo menos nesta zona).
"A nossa casinha" como dizia a neta mais nova ainda no ano passada. E o triste que ela ficava quando voltava no Inverno e não havia "casinha"!
Agora já compreende que é apenas um apoio de praia. Mas todos os anos querem o mesmo lugar na praia. É lá que elas passam grande parte do dia. E que são felizes.